FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Sistema eletrônico da Emater-MG traz levantamento das agroindústrias familiares

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 22/01/2021

2 MIN DE LEITURA

0
0

A Emater-MG desenvolveu um sistema eletrônico, o Safra Agroindústria, que traz dados importantes sobre o setor e podem auxiliar na implantação de políticas públicas. “A agroindústria de alimentos da agricultura familiar ocupa um lugar de destaque na cadeia produtiva do estado de Minas Gerais. Neste cenário, o desenvolvimento de um sistema de levantamento de dados referentes a essas agroindústrias torna-se essencial para o conhecimento da produção de alimentos do estado”, explica a coordenadora estadual, Laura Peres de Castro Penna.

O sistema é atualizado a cada semestre. Os dados são referentes aos municípios conveniados com Emater-MG e o levantamento das informações é feito pelos técnicos da empresa.

O Safra Agroindústria traz o número total de agroindústrias familiares individuais e coletivas, não familiares e o total de agroindústrias familiares legalizadas sanitariamente. É possível saber também a produção estimada da agricultura familiar.

De acordo com a equipe responsável pelo sistema Safra Agroindústria, são consideradas agroindústrias as unidades de processamento de alimentos que realizam qualquer tipo de ação (produza, beneficie, prepare, transforme, manipule, fracione, receba, embale, reembale, acondicione, conserve, armazene), visando à comercialização regular dos produtos.

“As exceções são as aves, pescado e carnes, que devem ser abatidas em abatedouros/frigoríficos ou em instalação específica para serem lançadas no sistema como agroindústrias”, explica Laura.

O Sistema Safra Agroindústria é composto por 12 categorias: café, carnes, frutas, cana-de-açúcar, mandioca, milho, mel, quitanda, hortaliças e condimentos, leite, queijos artesanais e ovos.

“Foi identificada uma grande diversidade de produtos elaborados pela agricultura familiar e a necessidade de um amplo trabalho técnico para estudar as características das agroindústrias de pequeno porte no estado, identificando com maior detalhamento os dados qualitativos e quantitativos desses empreendimentos”, comenta a coordenadora estadual.

De acordo com a Emater-MG, empresa vinculada à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa), a atividade agroindustrial de pequeno porte está em expansão no meio rural, sendo uma alternativa de renda importante para a agricultura familiar.

O levantamento foi feito em 742 municípios. O total de agroindústrias é de 36,6 mil, sendo 33,9 mil estabelecimentos familiares. Desse total de agroindústrias familiares, 33,3 mil são individuais e 686 agroindústrias familiares coletivas. A pesquisa ainda registrou 2,3 mil indústrias não familiares e 289 agroindústrias que prestam o serviço para os agricultores familiares.

O destaque fica por conta da cadeia produtiva do leite: são 11,4 mil agroindústrias familiares individuais – com 7,3 mil voltadas para a produção específica de queijos artesanais, e 29 agroindústrias familiares coletivas. Em segundo lugar está a mandioca, com 5,2 mil agroindústrias familiares individuais e 293 coletivas. A cadeia produtiva da cana-de-açúcar aparece em terceiro lugar com um total de 4,1 mil de agroindústrias familiares individuais e 76 coletivas.

Do total de agroindústrias familiares individuais e coletivas, cerca 17,5 mil processam produtos de origem animal e 16,4 mil produtos de origem vegetal. A produção das agroindústrias familiares de Minas Gerais é cerca de 200 mil toneladas por ano. Destaque para a produção de derivados de cana-de-açúcar (cachaça, rapadura, açúcar mascavo e melado), com 67,1 mil toneladas por ano. Em seguida, está a produção de leite e derivados com 61 mil toneladas.

As informações são da Ascom Emater-MG.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

CaféPoint AgriPoint