ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Treinamento e apoio do Governo incentivam a produção cafeeira de Rondônia

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 17/08/2021

3 MIN DE LEITURA

0
0

Na última semana, o Governo de Rondônia, por meio da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), promoveu treinamento sobre o currículo de sustentabilidade do café voltado aos extensionistas da entidade, que contou com a parceria da Plataforma Global Café, associação internacional composta por membros de todos os segmentos da cadeia produtiva do café. A capacitação foi ministrada por técnicos da Plataforma.

A intenção do treinamento foi de atualizar e nivelar informações junto aos extensionistas para que eles possam levar as orientações aos cafeicultores de suas regiões e ainda conscientizar e cadastrar produtores rurais para produção de um café de qualidade e sustentável, criando um setor cafeeiro que ofereça condições de vida e trabalho aos agricultores e assegure a permanência na atividade, ao mesmo tempo em que protegem os recursos naturais.

A Emater espera uma efetiva melhora no preço do produto e na vida do produtor rural e, em longo prazo, consolidar uma cadeia sustentável da cafeicultura, apresentando o café de Rondônia para o mundo, como um café verdadeiramente de qualidade e sustentável.

Nos últimos cinco anos, a Emater tem levado essa proposta aos cafeicultores rondonienses e a adesão vem sendo cada vez maior. O responsável pela área vegetal na Emater, Fausto Lima Farias de Souza, explica que já é possível observar as melhorias obtidas junto aos produtores rurais assistidos e cita a indicação geográfica como um dos principais resultados obtidos com o incremento da Plataforma Global do café no estado. “Hoje, os cafeicultores já estão aderindo às práticas mais sustentáveis e se preocupam em colher o café na cereja, melhorando cada vez mais o café produzido em Rondônia”.

A indicação geográfica é um ativo de propriedade industrial que identifica a origem do produto, dando a ele a característica de um produto de qualidade e sustentabilidade reconhecidas.

Recentemente, os cafés produzidos na região das Matas de Rondônia, que é formado pela circunvizinhança da região de Rolim de Moura, Cacoal e parte do Vale do Guaporé, receberam o selo, garantindo aos agricultores a possibilidade de comercializar competitivamente em novos mercados. Mas para que se possa manter essa qualificação, é preciso que cada produtor tenha todos os itens constantes do currículo de sustentabilidade. “São mais de 100 itens relacionados”, explica Fausto.

A projeção do café de Rondônia tem muito a ver com o investimento que o Governo vem fazendo desde que deu início ao programa de recuperação da lavoura cafeeira até os incentivos, por meio dos programas e projetos de políticas públicas de desenvolvimento rural, que são oferecidos para os agricultores.

São programas como o “Pra Café”, de armazenamento de grãos de café; e o “Plante Mais”, que distribui mudas qualificadas aos interessados no cultivo da cultura; a viabilização de crédito rural específico por meio de linhas como do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé), que financia o custo do café, incluindo a colheita, compra de insumos, mão de obra e estocagem, e o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), além das orientações técnicas e assistência da Emater e do incentivo pelo Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café do Rondônia, o Concafé.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Rondônia conta com pouco mais de 60 mil hectares de café plantado, com produção de dois milhões de sacas e produtividade em torno de 37 sacas por hectares (estes últimos são dados extraídos da Emater). São números que colocam Rondônia como o 5º maior produtor e de café e o 2º maior produtor de robusta no Brasil, mas a meta é melhorar ainda mais, aumentado a produção e o número de cafeicultores no estado.

As informações são do Secom Governo do Estado de Rondônia.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

CaféPoint AgriPoint