FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Programa Certifica Minas contribui para boas práticas agrícolas

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 14/02/2020

0
0

O Programa Certifica Minas é coordenado pela Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento e realizado pelo IMA, Emater e Epamig. O objetivo é contribuir para que produtos agropecuários e agroindustriais possam ocupar novos mercados, nacional e internacional, de maneira mais competitiva.

A certificação é uma garantia para o consumidor de que as propriedades adotam boas práticas agrícolas em todos os estágios da produção, atendendo também às normas ambientais e trabalhistas.

O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) é o órgão certificador oficial, responsável pelas auditorias e emissão do certificado dos grãos de café, além da autorização do uso dos selos. Já a Emater orienta os produtores e indústrias sobre as adequações de produção necessárias. A Epamig contribui no direcionamento de pesquisas e estudos para monitoramento, avaliação e aprimoramento do processo de certificação.

Com o Programa Certifica Minas várias conquistas são alcançadas por cafeicultores certificados e profissionais do setor, contribuindo para ótimos resultados para a receita do estado. Inclusive, no ano passado, Minas Gerais exportou 2.314,6 milhões de toneladas de café, movimentando US$ 315,6 milhões, tendo como principais destinos os Estados Unidos e a Alemanha. Com o selo do IMA, o café mineiro chama a atenção do consumidor nas gôndolas do estado, conquista todo o Brasil e viaja o mundo inteiro.

Um novo balanço divulgado pela Gerência de Certificação do IMA informa que foram emitidos, no ano passado, 1.123 certificados para propriedades cafeeiras. Isso significa que o IMA realizou as auditorias nestas plantações de café, verificando, entre outros, a procedência da muda, as condições sanitárias adequadas, a fertilização do solo, a área de cultivo, o manejo das pragas e doenças, a irrigação, a instalação e o armazenamento do produto. E, ainda, a gestão do processo produtivo, as boas práticas agrícolas, a responsabilidade social e a sustentabilidade ambiental e econômica.

O engenheiro agrônomo e gerente de Certificação do IMA, Rogério Carvalho Fernandes, comemora os novos selos de café e a confiança dos produtores no trabalho dos auditores e técnicos do estado. “Os resultados não poderiam ser diferentes, já que a parceria entre IMA, Emater e Epamig e de todo o Sistema Seapa comprovam o sucesso da certificação do café e demais produtos agropecuários. Existe muito diálogo entre nossos servidores e a capilaridade juntos aos produtores é certamente um diferencial para a nossa auditoria”, aponta Rogério, que chama atenção, ainda, para a gratuidade da certificação oferecida pelo estado para os agricultores familiares. “Muitos produtores não sabem sobre nossos serviços. Convidamos os cafeicultores e fazendeiros de outros itens agropecuários a conhecerem nosso trabalho. O selo emitido pelo IMA já comprovou que agrega valores e abre mercados”, argumenta.

Para conhecer saber mais sobre o Programa Certifica Minas, clique aqui.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.