FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Produtores das Matas de Minas se encontram para debater produção anual

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 13/12/2019

0
0

No dia 12 de dezembro foi realizado o 5º Encontro de Cafeicultores da Região das Matas de Minas, promovido pelo Conselho das Entidades do Café da Região das Matas de Minas, Sebrae Minas e Castelo do Café. A programação contou com palestras, painéis e mini cupping de cafés especiais.

O consultor Gil Barabach, da Safras e Mercados, e o Gerente de Competitividade Sustentável Sicoob Credcooper, Fábio Júnior de Carvalho, realizaram uma palestra sobre estratégia para a comercialização do café e os impactos da sustentabilidade ambiental na produção de café.

A importância da gestão na produção de cafés foi o primeiro painel, com participação dos consultores do Educampo Café Leon e Flávio Gonzaga e produtores convidados. Já o segundo Painel, da lavoura à xícara, também contou com cafeicultores convidados e foi mediado por Marcos Reis (Gerente Regional do Senar).

Segundo Sebastião de Lourdes Lopes, presidente do Conselho das Entidades, o ano de 2019 foi de dificuldades para os cafeicultores, mas, o balanço é positivo. “Sabemos da dificuldade, a produtividade foi muito baixa. Muitos produtores não conseguiram custear todas as despesas, mas, sabemos que o café também é uma média, não trabalhamos com um ano só. Então, temos visto uma melhora nas lavouras, expectativa de safra muito boa para 2020 e com certeza nosso objetivo é passar por esse momento que sabemos que já aconteceu, adaptar à questão dos custos, não deixando de fazer os tratos culturais nas lavouras, adubação, pulverização e outros mais”, disse.

Ele enfatiza que é possível perceber a garra do cafeicultor nestes momentos de adversidades. “Além de produtor, sou entusiasta. Represento como presidente do Sicoob também, estamos diretamente envolvidos com todos os produtores. É realmente um momento de reflexão, análise, mas os preços já estão reagindo e uma expectativa de safra boa para o ano que vem”, concluiu.

Para Ereni Emerick, analista do Sebrae, o encontro é uma ação que faz parte do projeto Sustentabilidade e Agronegócio da Região das Matas de Minas. “O objetivo é levar informação, capacitação, principalmente no que se refere a mercado de cafés. Estamos entrando numa nova safra, orientar o produtor sobre ferramentas de mercado e comercialização, a importância da gestão, qualidade e o cenário econômico para a cafeicultura”.

O secretário de Agricultura, Flânio Alves, afirma que esta iniciativa do Conselho das Matas de Minas representa valorização da região. “Região que não era tanto valorizada no passado e hoje está ganhando destaque através do trabalho importante que tem sido desenvolvido. Fazemos uma avaliação positiva porque esse encontro com os cafeicultores traz essas perspectivas de mercado, essa visão diferente que o produtor pode ter do café dele, do mercado, a hora melhor de fazer as vendas de café, de como realizar os lucros nessa produção”.

As informações são do Portal Caparaó (Por Carlos Henrique Cruz com informações do Diário de Manhuaçu).

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.