ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Produção indiana de café arábica e canéfora é afetada por chuvas

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 15/12/2021

2 MIN DE LEITURA

0
0

A produção de café arábica da Índia poderá diminuir em 30% e o canéfora em 20% nesta safra que termina em janeiro. O declínio é devido ao excesso de chuvas, danos às plantas, quebra de grãos e queda de frutos. 

De acordo com as estimativas do Coffee Board, a produção de arábica na Índia era esperada em 99 mil toneladas e a de canéfora em 235 mil toneladas no ano-safra atual. No entanto, as chuvas contínuas de setembro resultaram em danos significativos às plantações de café, reduzindo os rendimentos das espécies, disse a Karnataka Planters Association (KPA), que representa mais de 80% dos cafeicultores no país.

“O excesso de chuvas prejudicou as plantações de café em todo o país. Por causa das primeiras chuvas de flores em fevereiro, a safra estava pronta para a colheita em outubro, em vez de novembro. Um grande volume de frutas está se abrindo ou caindo agora antes de serem colhidas”, explicou o presidente da KPA, S. Appadurai.

Custo de produção aumenta

Além disso, o custo de produção do café tem aumentado de 10% a 15% ao ano, já que os custos dos salários e dos insumos aumentam constantemente. O custo de produção de arábica estava na faixa de 50.000* - 55.000* (US$ 657,21 - 722,93) há cerca de três anos e agora aumentou para 85.000* (US$ 1117,26) por acre. O custo de produção do robusta também aumentou de 30.000* (US$ 394,33) para 60.000* (US$ 788,66), de acordo com o KPA. 

Devido às questões climáticas e à perda de plantas por conta da broca do caule branco, o rendimento também caiu significativamente. Por exemplo, a plantação de arábica por acre oferece, atualmente, apenas 200 a 250 kg de café, contra 400 a 500 kg alguns anos atrás. Cerca de 450 a 500 kg de café robusta são cultivados por acre, em comparação com 600 kg antes.

O aumento dos preços nos mercados internacionais de café representa um alívio para os cafeicultores indianos, que se recuperam das crises. Como resultado, os preços do arábica subiram para 12.500* a 13.000* (US$ 164,30 a 170,88) por saca de 50 kg, de 9.000* para 9.500* (US$ 118,30 a 124,87) na última temporada de café. No entanto, o preço do robusta continua a ficar na faixa de 6.000* (US$ 78,87) por faixa de 50 kg. 

“Esperamos que essa tendência de preço continue ao longo da temporada sem qualquer flutuação drástica até que a maior parte de nossa safra seja enviada em março do próximo ano'', disse Ramesh Rajah, presidente da Associação de Exportadores de Café da Índia.

*Os valores são em rupia indiana.

 As informações são do The Hindu / Tradução Juliana Santin

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

CaféPoint AgriPoint