FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

OIC aponta queda nos preços do café no mês de maio

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 03/06/2020

1 MIN DE LEITURA

0
0

Pesquisas da Organização Internacional do Café (OIC) apontam que o valor do café caiu 4,1% no mês de maio, atingindo uma média de 104,45 centavos de dólar por libra-peso, o que marca o segundo mês consecutivo de queda.

O preço diário do indicador composto da OIC atingiu uma alta de 107,29 centavos de dólar por libra-peso, em 11 de maio, e depois declinou nas duas semanas seguintes, atingindo uma baixa de 98,68 centavos de dólar por libra-peso, em 29 de maio. As expectativas de uma produção maior da safra 2020/2021 do Brasil, cuja colheita está em andamento, e as contínuas expectativas de baixa para a demanda pressionaram os preços.

Enquanto todos os grupos arábica tiveram uma queda em maio de 2020, o indicador do grupo canéfora (robusta) aumentou 0,9%, para 64,53 centavos de dólar por libra-peso. A volatilidade do indicador composto da OIC diminuiu 2,9 pontos percentuais, para 7,7% no mês passado.

Em abril de 2020, as exportações mundiais atingiram 10,82 milhões de sacas, 3,1% inferior às 11,17 milhões de sacas exportadas em abril de 2019.

Os envios globais nos primeiros sete meses do ano cafeeiro de 2019/2020 caíram 3,8%, para 72,78 milhões de sacas. As exportações da África aumentaram 7%, para 7,66 milhões, e da Ásia e Oceania aumentaram 0,6%, para 23,62 milhões de sacas, em outubro de 2019 a abril de 2020. Durante o mesmo período, os embarques da América Central e do México diminuíram 4,9%, para 8,77 milhões de sacas, e da América do Sul em 8,6%, para 32,74 milhões de sacas.

Em 2019/2020, o consumo mundial de café é estimado em 166,06 milhões de sacas, 0,5% a mais que em 2018/2019. Embora vários países tenham começado a reabrir lentamente atividades não essenciais, a OIC prevê que o consumo de café fora de casa permaneça fraco por algum tempo. Além disso, diz que a perda de empregos pode diminuir a demanda, principalmente para consumidores não habituais.

A produção anual em 2019/2020 é estimada em 167,91 milhões de sacas, o que poderia exceder o consumo em 1,85 a 3,42 milhões de sacas, dependendo do impacto da covid-19.

As informações são da OIC.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.