ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

João Faria da Silva: maior produtor de café do mundo

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 20/08/2008

2 MIN DE LEITURA

12
1
Chefe da terceira geração de uma família de cafeicultores, João Faria da Silva administra sete fazendas, onde estão plantados 18 milhões de pés de café arábica. Sua produção anual, de 180 mil sacas, não só o coloca como o maior produtor do Brasil como também na liderança global. Não há, no mundo, ninguém à sua frente.

Segundo Faria, o segredo para construir um império rural foi relativamente simples. "Nunca tirei dinheiro das fazendas", afirmou. "Tudo o que eu ganhei foi reinvestido na compra de outras terras." Hoje, suas propriedades estão fincadas nas principais regiões de café do País, como o sul de Minas, o cerrado mineiro, a mogiana paulista e o oeste baiano. Em todas elas, a lavoura e a colheita seguem os padrões da certificação Utz Kapeh, garantindo que o café foi produzido de forma sustentável.

O que diferencia o empresário João Faria de outros grandes cafeicultores brasileiros é a sua estratégia de inserção internacional. Em vez de recorrer a cooperativas ou tradings para comercializar sua produção, ele constituiu a Terra Forte Importação e Exportação de Café, que vende toda a produção do grupo. "A meta para este ano é exportar um milhão de sacas de café", antecipa o empresário.

Suas fazendas têm apostado em dois diferenciais competitivos: ganhos de escala e tecnificação. "Estamos quase 100% mecanizados, porque daqui a alguns anos não haverá mão-de-obra para a cafeicultura", diz. A mecanização da colheita teve início há 15 anos. Na época, ele tinha dois mil funcionários, hoje são 380 funcionários fixos e mais 300 temporários no período de safra. Sempre pioneiro, agora comprou 11 silos secadores, cada um com capacidade de 500 mil litros.

"É uma novidade no mercado que elimina a passagem do café pelo terreiro", diz. Administrador por formação, ele diz que a experiência empresarial ajuda até certo ponto. "Comprar e vender é uma coisa. Produzir é outra bem diferente", explica. Focado em escala, 90% de sua produção é café commodity e 10% cafés especiais. "Meus clientes são grandes torrefadores, como Sara Lee e Nestlé, que compram café commodity, não compram especiais".

No entanto, enquanto o consumo mundial de café cresce numa taxa de 1,5% a 2% ao ano, o de grãos especiais avança num percentual de 10%. Hoje há empresas e fazendas se especializando na produção destes grãos diferenciados. Embora muitas vezes toda a produção receba este tratamento diferenciado, apenas um porcentual entre 30% a 45% atinge a classificação de especiais. As informações são da Dinheiro Rural.

12

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

COSTA GEISE GRANGEIRO

EM 18/08/2020

Quem precisa de empresário que explora as terras e desemprega o Povo?!
JOÃO CÉSAR ABREU

RIO DE JANEIRO - RIO DE JANEIRO

EM 24/05/2019

Parabéns pelo dia nacional do café.
24 de maio.
Depois da água a segunda bebida mais consumida no mundo.
cesarabreuproducoes@gmail.com
JOÃO CÉSAR ABREU

RIO DE JANEIRO - RIO DE JANEIRO

EM 07/01/2019

Parabéns pelo sucesso, que Deus abençoe sempre.
MARGARIDA

MOGI DAS CRUZES - SÃO PAULO - ESTUDANTE

EM 12/03/2018

Boa noite!

Prezados,

Sou estudante universitária em tecnologias de agronegócio na Fatec Mogi das Cruzes.
Preciso fazer trabalho de campo em fazenda de café na minha região.
Li o artigo sobre o empresário João Faria da Silva e gostaria de saber se podem fornecer contato da empresa para que possamos verificar a possibilidade de visita do grupo de trabalho.
Estamos com dificuldades em virtude do prazo para entrega.
Certa da atenção, fico desde já muito agradecida e aguardo retorno.
Att.
Margarida
Agro 1 - Fatec Mogi das Cruzes/SP
RUTHE CARRASCO PEDROSO

ITAPEVI - SÃO PAULO

EM 11/12/2017

Gostaria de fazer parte do quadro de funcionários. Quais os procedimentos?
RUTHE CARRASCO PEDROSO

ITAPEVI - SÃO PAULO

EM 11/12/2017

Estou a procura do Wilson Alexandre...Sei que mora em Minas e também é produtor de café...Você o conhece?
EDCARLOS JOSE COSTA

PATROCÍNIO - MINAS GERAIS - CAFETERIAS E PONTOS DE VENDA DE PRODUTOS DE CAFÉ

EM 07/08/2017

Eu faço muda de café direto na Fazenda. Quem quiser, me liga: (34) 9.9954-9063. 
ANTONIO VIEIRA BIANCARDI

ICONHA - ESPÍRITO SANTO

EM 28/03/2017

BOA NOITE.

EU GOSTARIA DE SABER.  SOBRE O CAFÉ DIAMANTE NEGRO,

POIS VOU INICIAR  UM PLANTIO.

ABRAÇO

NO AGUARDO
JOÃO JUNIOR

MANHUAÇU - MINAS GERAIS - INDÚSTRIA DE INSUMOS PARA A PRODUÇÃO

EM 18/03/2017

Quero saber mais e conhecer sobre as fazendas.
KEPLIA PRISCILA DA SILVA

JUARA - MATO GROSSO - ESTUDANTE

EM 24/01/2017

Gostaria de saber se vc tem algum parente que por volta dos anos 1987 á 1988 esteve em  Juara  Mato Grosso?
DIEGO APARECIDO AUGUUSTO

TRÊS PONTAS - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE CAFÉ

EM 09/06/2014

Este ano esta um pouk menos favoravel para os podutores d nossa cidade e por todo o brasil devido ao longo periudo q tivemos sem chuva.
SAMANTA BRAZ VALENTIM

CAMPINAS - SÃO PAULO

EM 22/10/2013

qual   e   o  primeiro   produtor  do   brasil
CaféPoint AgriPoint