FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Consultoria acredita que exportações não devem ser afetadas por conta do covid-19

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 25/03/2020

1 MIN DE LEITURA

0
0

O analista da Safras Consultoria, Gil Barabach, acredita que mesmo com o aumento de casos do covid-19 (coronavírus), o isolamento social e as restrições impostas pela doença, o mercado doméstico do café e as exportações do grão não foram afetados. “O mercado físico perdeu um pouco de liquidez, mas nada fora do normal para este período de entressafra”, aponta.

Segundo ele, as exportações perderam ritmo, movimento que já era esperado. “Enfim, tivemos pouco efeito prático. A maior preocupação se volta para o início da colheita, que começa em abril com o canéfora”, completa o analista, destacando que o comprador, inclusive, ainda está presente no mercado, abrindo preço e sondando diariamente.

O mercado físico brasileiro de café apresentou preços firmes no início da semana. As cotações foram sustentadas pela valorização do arábica na Bolsa de Nova York e pela subida do dólar na segunda-feira (23). Houve alguns negócios no dia, regionalizados e envolvendo pequenos volumes.

No Sul de Minas, o café arábica bebida boa ficou em R$ 580/585 a saca, contra R$ 575/580 na sexta-feira (20). No Cerrado Mineiro, o preço de ficou em torno de R$ 590/595, contra R$ 580/585 do dia anterior.

As exportações brasileiras de café em grão em março chegaram a 2,128 milhões de sacas de 60 quilos no acumulado do mês até o dia 22, com receita chegando a US$ 286,8 milhões e preço médio de US$ 134,70. Como comparação, em fevereiro de 2020 as exportações brasileiras de café em grão totalizaram 2,810 milhões de sacas e alcançaram 3,205 milhões de sacas em março de 2019.

Já a receita média diária obtida com as exportações de café em grão foi de US$ 24,907 milhões na terceira semana de março (16 a 22). A média diária é de US$ 21,126 milhões, 9,1% menor no comparativo com a média diária de fevereiro de 2020, que foi de US$ 23,230 milhões.

Em relação a março de 2019, quando a receita média diária dos embarques totais de café atingiu US$ 24,348 milhões, a receita média de exportações de café de março/2020 até agora no acumulado é 13,2% menor.

As informações são da Agência Safras.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.