FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Cafeicultores do Quênia deixam de produzir por conta do alto custo de produção

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 29/11/2019

0
0

O alto custo de produção no Quênia tem impedido os agricultores de produzir café, o que prejudicou significativamente a produção final do país. Alguns produtores estão pedindo mais subsídios do governo para que este custo seja reduzido.

No ano passado, os preços do café no mercado internacional caíram para seu menor nível em 13 anos, depois de um quilo ter sido negociado abaixo de um dólar. Os baixos preços, aliados ao alto custo da mão-de-obra e dos fertilizantes, dificultam a produtividade de alguns cafeicultores.

O objetivo também é aumentar o consumo local de café de alta qualidade e criar mais mercado. A maioria das nações africanas exporta o grão sem agregar valor, o que não gera empregos e renda ao continente.

A Organização Inter-Africana do Café está em busca de 900 milhões de dólares do setor privado para oferecer empréstimos aos agricultores, numa tentativa de aumentar a produção de café.

As informações são da Kenya Broadcasting Corporation / Tradução Juliana Santin

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.