FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

BSCA apresenta nova comunicação visual em feira no Japão

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 19/09/2019

0
0

Durante a principal feira de cafés especiais da Ásia, a SCAJ World Specialty Coffee Conference and Exhibition 2019, a Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) apresentou a nova comunicação visual do projeto "Brasil. A Nação do Café", que desenvolve em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

O novo conceito destaca a Nação do Café como produtora de micro e nanolotes de cafés especiais, exóticos e com qualidade elevada, cultivados nas diversas origens produtoras do Brasil, detentores de pontuações muito altas nas provas de classificação da bebida.

A ideia é também apresentar, na comunicação visual, a eficiência de toda a cadeia produtiva nacional com cafeicultores que são pessoas essenciais na produção. A diretora da BSCA, Vanusia Nogueira, revela que o intuito da nova comunicação visual é atender aos anseios dos compradores mundiais, que desejam cafés com qualidade elevada e cultivados sob os mais rígidos sistemas sustentáveis, sempre atrelados à história do cultivo e de quem o produziu.

"O café é jovem e, com um conceito mais jovial em nossa apresentação, chegamos ao ponto esperado pelos compradores de todo o mundo, valorizando histórias inspiradoras de nossa produção, que se desenvolve sustentavelmente através de investimentos em tecnologia, fazendo do Brasil um produtor extremamente eficaz e que garante consistência no fornecimento de cafés excepcionais", comenta Vanusia.

Segundo ela, fica evidente a paixão nacional pelo café, mostrando que o Brasil gera conhecimento e tecnologia para produzir os melhores grãos, com alto padrão de sustentabilidade. “A Nação do Café é composta por pessoas especiais, que cultivam cafés de qualidade em suas propriedades especiais para pessoas especiais de todo o mundo", conclui Vanusia.

Negócios na SCAJ 2019

A BSCA e a Apex-Brasil também organizaram a participação de empresas brasileiras na feira. Nos três dias do evento, 21 membros da Associação realizaram 395 contatos comerciais com potenciais compradores de países como Japão, China, Taiwan, Reino Unido, Holanda, Coréia do Sul, Malásia, Inglaterra e Estados Unidos, fechando US$ 2,1 milhões em negócios. Para os próximos 12 meses, eles preveem a concretização de mais US$ 9,47 milhões.

Além da aproximação e da comercialização realizadas na SCAJ 2019, os trabalhos do projeto setorial no Japão contaram com a ação "Taste of the Harvest", que colocou 17 empresários associados à BSCA em contato direto com os principais compradores nipônicos. A atividade rendeu US$ 1,6 milhão em negócios in loco e o prognóstico para a concretização de mais US$ 4,9 milhões até o fim de agosto de 2020. Se confirmadas as estimativas, as empresas brasileiras fecharão US$ 18,1 milhões através de mais esta ação do projeto.

As informações são da BSCA.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.