FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Brasil pode ser suspenso das votações em comitês OIC

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 15/10/2019

1
0

O Brasil aparece entre os países exportadores que ainda precisam quitar suas anuidades com a Organização Internacional do Café (OIC). Na lista consta, ainda, Etiópia, Bolívia e Panamá em um total de 18 países.

O valor da dívida brasileira é de 310,352 libras esterlinas, aproximadamente um milhão de reais. Isso impacta diretamente no direito de voto do Brasil em comissões da OIC, como aconteceu no mês passado em Londres, onde o País não participou do comitê de votação.

A próxima reunião da OIC será em abril de 2020 e a expectativa é de que até lá a dívida já tenha sido quitada. Segundo fontes, a Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, já aprovou o pagamento, porém, é necessária a liberação do governo, que atualmente passa por contingência de alguns gastos.

A situação é preocupante visto que o Brasil é o maior produtor e exportador de café, e perder a representatividade nos comitês dentro de uma organização como a OIC com um produto de alta relevância quando comparado com outros países que quitaram suas dívidas, é constrangedor e preocupante. 

Entramos em contato com a Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais confira a resposta:

Qual o valor da dívida?

O compromisso brasileiro com a Organização Internacional do Café corresponde a GBP 310.352,00 (libras esterlinas) e se refere ao exercício corrente.

Por que ela não foi quitada?

Além da OIC, o Ministério da Economia gere os compromissos referentes a dezenas de outros organismos internacionais. Os pagamentos são feitos de acordo com a disponibilidade orçamentária e financeira e obedecem a critérios objetivos tais como antiguidade do compromisso, possibilidade de sanções, valor da dívida, dentre outros.

Brasil perdendo o direito de voto na OIC, como ficará a relação das decisões sobre o café?

Caso essa hipótese se concretize, esforços serão promovidos no sentido de reversão da situação e recuperação do poder de voto o mais brevemente possível.

Alguma parcela já foi paga esse ano?

A contribuição brasileira perante à OIC pendente de quitação se refere ao exercício corrente, ou seja, há apenas uma parcela pendente. Este ano, devido à situação fiscal e orçamentária, o Brasil não promoveu qualquer pagamento.

Quais os planos e prazo para a quitação completa da taxa deste ano?

O pagamento da contribuição de 2019 depende da melhoria da arrecadação, com consequente descontingenciamento orçamentário, e da evolução dos pagamentos do conjunto das contribuições a organismos internacionais. Ante tais elementos de imponderabilidade, não é possível nesse momento estimar um prazo para pagamento.

O presidente do Conselho Nacional do Café (CNC), Silas Brasileiro, nos enviou uma declaração sobre o tema:

“Compreendemos o atual cenário que o Governo Federal vive, de contingenciamento de receita e direcionamento dos recursos para matérias prioritárias ao país. Contudo, o Brasil necessita honrar seu compromisso com a Organização Internacional do Café (OIC).

Isso porque somos o principal player da cafeicultura mundial, liderando produção e exportação, além de ser destaque em consumo, somente atrás dos EUA.

Detentores dessa pujança, faz-se vital que possamos ter direito a voto nas reuniões do principal organismo mundial do café, haja vista que é lá que são definidos os rumos futuros da atividade cafeeira global, não sendo interessante ficarmos de fora dessas deliberações, pois não podemos pensar em falta de norte nas ações a serem adotadas, o que pode desencadear um cenário de depreciação e de total desequilíbrio na cadeia internacional de valor do café”.

Confira os países, que segundo a OIC, estão em débito.

No ano de 2015, o Brasil enfrentou o mesmo problema. Na época, o então deputado federal Evair de Melo declarou que a situação era constrangedora e inédita. “O risco do Brasil não ter assento, nem voz e voto na reunião anual da OIC é uma tragédia para nossa cafeicultura”, concluiu. A matéria completa está disponível aqui.

1

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

EDUARDO LIMA

MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE CAFÉ

EM 17/10/2019

Meu Deus! Essa questão demonstra o tamanho do amadorismo, pra não dizer descaso com o setor. Vamos Dra. Teresa, o tempo urge.