ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Projeto Mesa de Café

ESPAÇO ABERTO

EM 28/08/2018

0
0

Por Ebenézer Oliveira

Quem de nós não gosta de um cafezinho ao longo do dia? Para quem aprecia a bebida, nada como um café quentinho, cheiroso e com um ótimo sabor. Seja para acordar de manhã, logo após o almoço ou mesmo no finalzinho de tarde. Mas um café bom é mais do que isso, é acompanhado de gente nossa e cuidada por nós, em volta de uma mesa. Temos sempre alguma lembrança em volta de uma mesa de café.

Ela simboliza o diálogo e comunhão de valores e princípios, afeto mesmo. É nesse lugar que trocamos nossas experiências, lamentamos nossos anseios e celebramos nossas conquistas. Em torno dessa mesa avançamos e progredimos nosso dia-a-dia com o mundo. Essa preocupação com o que nos cerca é o que nos move a buscar a melhoria para os nossos e para todos.

Pensando nisso, criamos um projeto em 2017 que traz esse espírito coletivo, de valores em comum, do cuidado com o outro, para avançarmos em direção a um mundo produtivo mais digno e justo para todos.

O Projeto Mesa de Café Brasil, desenvolvido pelo Instituto Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo (InPACTO) em conjunto com a  Catholic Relief Service (CRS), tem como objetivos e práticas o construir coletivamente. Uma iniciativa que tem buscado olhar para a produção do café brasileiro, observando seus principais desafios e lacunas, mobilizando e dialogando com empresários do setor, governos, entidades representativas e sociedade civil, para construir ações e soluções para enfrentar esses obstáculos.

A principal meta é contribuir para que o setor cafeeiro brasileiro seja uma referência mundial de práticas socialmente sustentáveis, condições dignas de trabalho, inovação e transparência em todos os elos da cadeia produtiva. Um grande desafio é construir um olhar cada vez mais humanizado, onde a dignidade do trabalho seja sempre um dos principais pilares da produção do café brasileiro, em todos os empreendimentos.

Temos como estratégias do projeto promover mesas de diálogos com diversos atores; realizar análise e organização de dados do setor que possam nos subsidiar a um entendimento franco sobre desafios e soluções; e, principalmente, dar visibilidade às boas práticas e iniciativas de sucesso para que possam ser replicadas.

Até aqui já reunimos muitas organizações do setor do café comprometidas com a mudança e melhorias nas condições de trabalho e produção, aprofundando o conceito de sustentabilidade social no café brasileiro. Parceiros como o Conselho de Exportadores do Café (Cecafé), a Plataforma Global do Café e a Organização Internacional do Trabalho (OIT), entre vários outros.

O próximo passo do Projeto será aprofundar a interlocução com o setor para, a partir da identificação dos riscos de trabalho análogo à escravidão na cadeia produtiva do café, construir alternativas para a superação das fragilidades.

O nosso maior desafio agora é continuar reunindo e congregando esses atores, aprofundando o diálogo em torno dessa grande mesa de café, compartilhando nossas experiências, anseios e buscando saídas em comum.

Quer conhecer um pouco mais sobre essa mesa de café, assista ao vídeo de apresentação ou acesse a página do Projeto.

*Ebenézer Oliveira é historiador, especialista em políticas públicas pela UFRJ, mestrando em políticas públicas pela UFABC e coordenador do Projeto Mesa de Café Brasil

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.