ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Cultivar Arara de cafeeiros responde bem à poda de esqueletamento

POR JOSÉ BRAZ MATIELLO

TÉCNICAS DE PRODUÇÃO

EM 12/09/2018

1
0

A cultivar de cafeeiros Arara apresenta características muito desejáveis, como alta produtividade, bom vigor, resistência à ferrugem e tolerância à Pseudomonas. Tem frutos graúdos e de boa bebida, além do porte baixo das plantas. Por isso, vem sendo bastante utilizada nos novos plantios.

Restariam dúvidas quanto ao vigor e longevidade dos pés, por tratar-se de material genético hibrido com Sarchimor, que possui materiais que acabam se degenerando com o passar dos anos.

A presente nota técnica tem o objetivo de relatar a capacidade dos cafeeiros da cultivar Arara de se recuperarem de poda drástica de esqueletamento, mesmo em plantas de idade avançada.

Para testar a recuperação dos cafeeiros foram feitas podas de esqueletamento em três campos de experimentos nas parcelas da cultivar Arara, com podas feitas em 2014 e 2016, sendo duas na Fda Experimental de Varginha e uma na Fda Experimental de Franca. A poda foi feita sobre plantas que tinham 13 e 15 anos na época da poda, portanto estavam em condição de idade elevada, quando poderiam já ter perdido o vigor.

A especificação das áreas esqueletadas e os resultados da 1ª safra, em seguida à poda, se encontram na tabela 1.

Pelos dados de produtividade obtidos, em padrões bastante altos, variando de 132 a 148 scs/ha, pode-se verificar que os cafeeiros da cultivar Arara, mesmo tratando-se de plantas com idade avançada, se recuperam muito bem, resultando em produtividades elevadas, mostrando sua boa recuperação e comprovando seu elevado vigor.

Tabela 1- Especificação dos experimentos (locais, espaçamentos, época de poda e idade das plantas) e produtividade alcançada na 1ª safra pós-poda por cafeeiros da cultivar Arara sob efeito da poda de esqueletamento. Varginha-MG, 2018.

Características das plantas e do campo Produtividade no pós-poda (scs/ha)
Experimento nacional, em Franca (SP) - espaçamento 3,5 x 0,7 m, poda em 2014 sobre plantas com 13 anos 148
Experimento em Varginha (MG) - espaçamento 3,5 x 1,0 m, poda em 2016 sobre plantas com 16 anos 156
Campo de multiplicação, espaçamento 3,5 x 1,0 m, poda em 2016 sobre plantas com 16 anos 132


Aspecto da produtividade em 2018 dos cafeeiros Arara na primeira safra pós-esqueletamento, feito em 2016 sobre plantas que tinham 16 anos na época. Campo de multiplicação em Varginha (MG), foto em junho/18.

1

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

LEANDRO CAETANO MOTA

MONTE CARMELO - MINAS GERAIS - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 17/09/2018

Bom dia!
Estas áreas são irrigadas?