carregando...
Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Notícias > Produção

IBGE eleva em 1,5% a projeção da produção de safra de café do Brasil

postado em 10/08/2017

4 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Da redação

Em fase final de colheita, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) elevou em 1,5% a projeção para a produção nacional de café na safra 2017/2018, devendo alcançar 2,8 milhões de toneladas ou 47,2 milhões de sacas de 60 kg. O resultado é consequência das melhores perspectivas para São Paulo e Espírito Santo.

Foto: Aislan Henrique da Silva/Café Editora
                        Foto: Aislan Henrique da Silva/ Café Editora

Para o café arábica, a estimativa da safra alcançou 2,2 milhões de toneladas (37,2 milhões de sacas de 60 kg), alta de 1,5% em relação ao mês de junho, mas queda de 13,4% ao registrado na safra 2016/2017, de bienalidade positiva. São Paulo teve a estimativa de produção atualizada para 265,9 mil toneladas, 14,9% a mais que o previsto no mês  passado. 

“A produção de arábica foi muito forte no ano passado, então a base de comparação é alta. Para um ano de baixa, essa é uma safra muito boa”, avaliou o gerente na Coordenação de Agropecuária do IBGE, Carlos Antonio Barradas.
Já o café conilon alcançou a estimativa de 599,4 mil toneladas (9,98 milhões de sacas), elevação de 1,6% em relação a junho. O Espírito Santo teve a produção revisada em 2,9%, em decorrência do aumento, também de 2,9%, no rendimento médio. Assim, a produção da espécie deverá crescer 28,3% ante o ano passado, quando as plantações sofreram pela seca.

O aumento na estimativa mensal do IBGE ocorre no momento em que operadores do mercado estão reportando entregas abaixo do esperado de grãos de alta qualidade, apontando fatores como clima adverso, a infestação por broca e vendas mais lentas de produtores. 

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

Wilson de faria

Passos - Minas Gerais - Agricultor
postado em 11/08/2017

Esse IBGE é  administrado por  americano...

Wilson de faria

Passos - Minas Gerais - Agricultor
postado em 11/08/2017

O produtor sofre com essas pesquisas. Em minha fazenda nunca ninguém veio fazer uma projeção de produção.

jaime de souza

Itueta - Minas Gerais - Produção de café
postado em 13/08/2017

O governo deveria acabar de uma vez com o IBGE e a CONAB.  Só servem para dar empregos e gastar dinheiro público. Parece sindicato.

Mouzer Messias Santos

Cristais - Minas Gerais - Consultoria/extensão rural
postado há 2 dias atrás

Concordo com você, Wilson, o IBGE deve mesmo ser administrado por americanos e alemães.
Aguarde o final da safra...

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2017 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade