carregando...
Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Notícias > Produção

Exportação de café apresenta aumento de 9,9% em maio, diz Cecafé

Por Equipe CaféPoint (CaféPoint)
postado em 12/06/2017

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Por Camila Cechinel

Em maio, o Brasil exportou 2.437.823 sacas de café de 60 kg, crescimento de 9,9% em comparação com abril. Já a receita cambial foi de US$ 481,9 milhões, aumento de 8,83% na mesma comparação. Os dados foram divulgados pelo Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé) na manhã desta sexta-feira (09), em São Paulo (SP).

Foto: Felipe Gombossy/Café Editora
                           Foto: Felipe Gombossy/ Café Editora

De acordo com o presidente do Cecafé, Nelson Carvalhaes, em referência ao mesmo período do ano passado o volume das embarcações representa uma queda de 3,6%, já que os embarques foram de 2,529 milhões de sacas em 2016. No entanto, a receita dos exportadores aumentou 13% na mesma comparação, com preços 17,2% mais caros. Em maio deste ano, o valor médio de exportação chegou a US$ 171,84 por saca.

"Um volume abaixo de 3 milhões não é normal para o país, mas o resultado está dentro do cenário previsto para o período de entressafra, com redução de oferta do produto devido aos fatores climáticos", disse Carvalhaes, afirmando, em seguida, que com a entrada da nova safra os resultados poderão se normalizar durante o segundo semestre.

Em números, os cafés verdes alcançaram, no penúltimo mês do ano safra 2016/17, um total de 2.209.116 sacas, sendo 2.189.557 de arábica e 19.559, de robusta. De acordo com presidente, em 12 meses foram vendidos 29,06 milhões de sacas de café arábica, melhor desempenho nos últimos cinco anos.

"A bienalidade está diminuindo ano a ano. Em 2016 tivemos uma performance muito boa de arábica e esse ano haverá uma pequena redução, mas não será nada absurdo", explicou. Quanto à liberação do governo sobre a importação de café verde do Vietnã, o presidente é direto: "Seguimos pelo livre mercado".

Se tudo correr dentro do previsto, sem nenhum grande fenômeno interferindo nas lavouras do Brasil, a expectativa do Cecafé é encerrar o ano cafeeiro 2016/2017 com exportações variando entre 33,2 milhões e 33,4 milhões de sacas de 60 quilos.  

 

Direitos reservados

Este artigo é de uso exclusivo do CaféPoint, não sendo permitida sua cópia e/ou réplica sem prévia autorização do portal e do(s) autor(es) do artigo.

Saiba mais sobre o autor desse conteúdo

Equipe CaféPoint    São Paulo - São Paulo

Mídia especializada/imprensa

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2017 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade