carregando...
Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Notícias > Produção

"Colheita do conilon será maior que ano passado", garante presidente da Cooabriel, no ES

Por Equipe CaféPoint (CaféPoint)
postado em 16/05/2017

3 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Por Camila Cechinel

A colheita de café na safra 2017/2018 começou de forma discreta em algumas regiões do país. No Espírito Santo, apesar da retirada do conilon estar com volume abaixo do esperado, devido aos grãos ainda estarem verdes, a expectativa é de melhora, uma vez que as condições climáticas são favoráveis. 


                                        Foto: Érico Hiller/ Café Editora

Em 2016, os produtores capixabas passaram pela pior safra dos últimos anos, por conta de uma crise hídrica que atingiu o estado, e produziram apenas 5,3 milhões de sacas de café conilon, 2,2 milhões de sacas a menos que em 2015. Para o presidente da Cooperativa dos Cafeicultores de São Gabriel (Cooabriel), localizada em São Gabriel da Palha, no norte do Espírito Santos, Antônio Joaquim de Souza Neto, o momento é difícil para todos, mas o homem do campo é esperançoso. 

"Garanto que a colheita do conilon será maior esse ano. As lavouras já estão mais bonitas e teremos café de qualidade, com grãos pesados que beneficiarão o rendimento", disse ele, recordando das chuvas que caíram no final de 2016 e início de 2017, em uma época que o grão de café estava ganhando força. 

Ainda que confiante, o presidente acredita que a lavoura só ganhará volumes significativos a partir da primeira semana de junho. Com a expectativa de receber cerca de 800 mil sacas de café na cooperativa este ano, 205 mil sacas a mais do que foi recebido no ano passado, Neto comenta que o Fundo de Apoio ao Trabalhador Rural (Funrural) será um grande aliado nessa conquista. 

"Muitas empresas que compravam café não recolhiam o Funrural, mas agora é lei. Como a gente recolhe os impostos, já tem produtores querendo se associar na cooperativa", explica. 



















 

 

Direitos reservados

Este artigo é de uso exclusivo do CaféPoint, não sendo permitida sua cópia e/ou réplica sem prévia autorização do portal e do(s) autor(es) do artigo.

Saiba mais sobre o autor desse conteúdo

Equipe CaféPoint    São Paulo - São Paulo

Mídia especializada/imprensa

Avalie esse conteúdo: (4 estrelas)

Comentários

Rafael Ribeiro do Valle

São Paulo - São Paulo - Pesquisa/ensino
postado em 18/05/2017

Capixabas competentes fazendo a sua parte!

Ramon Calixto

OUTRA - OUTRO - Consultoria/extensão rural
postado em 18/05/2017

FOTO DE ARÁBICA COM MATÉRIA DE CONILON? NO GOOGLE ACHA INÚMERAS FOTOS PARA ILUSTRAR DA MANEIRA CORRETA.

Equipe CaféPoint

São Paulo - São Paulo - Mídia especializada/imprensa
CaféPoint - postado em 19/05/2017

Caro Ramon,
Obrigada pela observação, mas as imagens divulgadas no Google possuem direitos autorais. De qualquer forma, neste caso estávamos dando ênfase apenas na colheita e não no tipo de café em si.
Abraços.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2017 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade