FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Sindicafé reúne especialistas em busca de soluções para ajudar todo o setor

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 30/04/2020

0
0

Na manhã da última quarta-feira (29), membros do Sindicato da Indústria de Café do Estado de São Paulo (Sindicafé), Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), provadores de café e donos de cafeterias, se reuniram no aplicativo Zoom para conversar a respeito das ações tomadas pela indústria durante a pandemia do coronavírus e as possíveis soluções.

Nathan Herszkowicz, presidente executivo do Sindicafé, comentou que acredita em uma retomada difícil para as cafeterias, após a pandemia, já que estão sem fluxo de caixa. Segundo ele, é importante que o Governo trace algumas medidas para que os negócios não sejam perdidos.

O vice-presidente de Qualidade e Programa de Certificação da Abic, Edvaldo Frasson, trouxe uma informação importante de que o café especial representa hoje 18% das vendas de café no estado de São Paulo. Com estabelecimentos fechados e poucas vendas, é provável que o setor precise de 3 ou 4 meses para se recuperar. “Vamos ver como será pós-pandemia, o que mais nos preocupa é que não temos uma cartilha, um horizonte de como poderemos seguir. Vamos depender dos recursos do estado e do Governo Federal. O Sindicato vai ser importante para ajudar os empreendedores nesta retomada e na parte estrutural”.

Mônica Pinto, coordenadora de Projetos, Marketing e Comunicação da Abic, acredita que os brasileiros não deixaram de consumir café, porém, o consumo em casa não vai suprir o fora, por isso a preocupação com cafeterias, bares, restaurantes e a importância em encontrar soluções e os debates em conjunto para novas ideias e melhorias.  

A Abic e o Sindicato orientam a indústria e os donos de cafeterias para que continuem valorizando os cafés especiais e busquem a ajuda do Sebrae para possíveis soluções em relação ao aluguel e crédito. Na semana passada, a Revista Espresso conversou com Adalberto Luiz, coordenador de Inovações Financeiras do Sebrae Nacional, que explicou 5 passos para ajudar nas finanças. Clique aqui e confira a matéria completa. 

Marco Suplicy, proprietário da rede de cafeterias Suplicy Cafés Especiais, acredita que uma solução, caso as cafeterias possam reabrir no dia 11 de maio e até mesmo pós-pandemia, é focar no “to go”, o que ajudará as lojas menores e evitará a aglomeração de pessoas, além de seguir com as vendas nos canais digitais.

Nathan informou que em breve o Sindicafé irá lançar um Banco de Consultores que será constituído por profissionais de várias áreas, entrevistados e avaliados pelo Sindicato. Será formada uma grande equipe pronta para atender as necessidades do setor. “O produtor que precisar de um consultor fará contato com o Banco - Sindicafé, que encaminhará os profissionais recomendados para determinado projeto ou serviço. A contratação será responsabilidade do produtor, sem interferência do Sindicato. As áreas de consultoria vão da produção até o gerenciamento, distribuição e governança corporativa”.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.