FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Presidente do CNC acredita que oferta do café não será afetada com novo vírus

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 20/03/2020

1
0

Após as notícias do covid-19 (coronavírus), o Conselho Nacional do Café (CNC) segue a linha adotada pelo Ministério da Agricultura e pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) nesta semana e aponta que a cafeicultura, assim como todo o setor agro, não parará, assegurando o abastecimento do produto aos consumidores.

“Talvez enfrentemos algum problema relacionado ao transporte das cargas, principalmente para o exterior, com a possibilidade de falta de contêineres que estão paralisados nos portos da China em função da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), mas desabastecimento não haverá”, pondera Brasileiro.

Na quarta-feira (18), a ministra Tereza Cristina destacou, em nota, que o Brasil é um grande celeiro, produtor de alimentos. “Não precisamos ter nenhuma expectativa negativa de que não teremos alimentos para nosso povo”, disse, referindo-se às mudanças na rotina dos brasileiros impostas pela pandemia de covid-19.

A ministra salientou, ainda, que a população deve se manter tranquila em relação à oferta de produtos alimentícios no varejo e elogiou os produtores rurais. “São os nossos heróis, que neste momento estão lá (no campo) dando duro, produzindo e realizando a maior safra colhida neste País, batendo recorde um sobre o outro para alimentar nossa população”.

Na mesma data, a CNA afirmou que as atividades de produção e comercialização de alimentos permanecerão ativas, pois a demanda não será reduzida pela crise. “Do contrário, se faltarem alimentos ou se houverem irregularidades no abastecimento, a saúde das pessoas será afetada e a própria harmonia social, que tanto precisamos nessa hora, será atingida (...) por essas razões, o Sistema CNA, em nome dos produtores rurais brasileiros, assegura à população que continuaremos produzindo normalmente”, posiciona-se a Confederação.

O CNC afirma que é necessário que o Brasil coloque em prática medidas sensatas no combate à propagação do novo coronavírus, atendendo à orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS) para isolamento e paralização das atividades sociais, que tem gerado resultados iniciais satisfatórios para a contenção.

Por outro lado, a entidade entende que, assim como o agro, os serviços sanitários, diante da gravidade do quadro atual, precisam ser mantidos, como os hospitais e todos os segmentos da cadeia de saúde, de forma que a população receba o amparo necessário nesse momento.

“Em tempo, externamos nossa gratidão a todos esses heróis trabalhadores da saúde no Brasil e no mundo. Sem dúvida, vocês fazem a diferença nesse momento crítico e contribuirão para voltarmos o mais rápido possível à normalidade”, agradece o presidente do CNC, Silas Brasileiro.

As informações são do Conselho Nacional do Café.

1

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

LUCAS RIBEIRO SOUZA GADBEM

ALFENAS - MINAS GERAIS - ESTUDANTE

EM 23/03/2020

O Produtor Rural e o Pecuarista brasileiro são os maiores heróis dessa pátria,sempre carregaram a economia desse país no melhores dias e nos piores
Ao Brasileiro que fique com a certeza de uma coisa
O Produtor e o Pecuarista não para
Seu alimento está a salvo