ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Plataforma Global do Café lança Código de Referência de Sustentabilidade do Café

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 15/10/2021

2 MIN DE LEITURA

0
0

Após um amplo processo de consulta pública internacional, a Plataforma Global do Café publicou, na última quarta-feira (13), o Coffee Sustainability Reference Code (Código de Referência de Sustentabilidade do Café), que estabelece as bases e princípios da produção sustentável de café. O código é uma linguagem comum que permite que produtores, cooperativas, associações e seus parceiros, bem como ONGs, instituições financeiras e governos, avancem com seus esforços de sustentabilidade, de forma colaborativa e eficiente.

O Código de Referência de Sustentabilidade do Café oferece uma estrutura simples e adequada que facilita o entendimento dos princípios que norteiam a produção de café com sustentabilidade mínima. Ele aborda os desafios atuais da sustentabilidade e, também, as preocupações emergentes como mudanças climáticas, diversidade, equidade e inclusão.

Segundo Annette Pensel, Diretora Executiva da GCP, o código revisado é "da comunidade cafeeira para a comunidade cafeeira" e busca avançar com a prosperidade econômica de produtores e produtoras, o bem-estar social e a preservação ambiental.

"O Código de Referência de Sustentabilidade do Café colabora para aprimorar e alinhar o trabalho sendo feito para que se chegue a mais cafeicultores, e para encorajar que toda a produção de café seja sustentável", explica.

Para Gelkha Buitrago, Diretora de Programas e Parceria Corporativas da GCP, podemos atuar coletivamente, com ações fortes e coordenadas, para apoiar um futuro mais sustentável para produtores e o setor cafeeiro como um todo, mas "para fazê-lo, precisamos de um entendimento compartilhado de sustentabilidade básica sobre a qual outras inovações podem ser construídas no campo e além".

Decodificando a Sustentabilidade

Centrada nas três dimensões de prosperidade econômica, bem-estar social e conservação ambiental, o Coffee Sustainability Reference Code estabelece 12 princípios, "quebrados" em práticas e resultados esperados que descrevem a sustentabilidade básica da produção e processamento de café.

O código também define 5 práticas críticas: eliminação do trabalho infantil, eliminação do trabalho forçado, zero desmatamento, zero uso de pesticidas proibidos, e uma novidade, melhoria contínua.

"Por mais que o Código de Referência de Sustentabilidade do Café aborde o começo da cadeia de abastecimento, com produtores(as) no campo, espera-se que os demais atores compartilhem a responsabilidade pela sustentabilidade", diz Annette. "Isso inclui apoiar e incentivar os esforços dos produtores(as) para adotar, manter e ir além destes princípios básicos em todas as dimensões, assim como promover práticas justas de comercialização e compra de cafés", reforça.

Como "zeladora" do código, a GCP acredita que o Coffee Sustainability Reference Code servirá para que o setor café consiga alinhar melhor suas atividades, inspirar melhoria contínua e acelerar ações individuais e coletivas.

"A sustentabilidade no café é uma responsabilidade compartilhada e uma linguagem comum, juntos podemos usar este código de refererência para avançar rumo a um setor próspero e sustentável para as próximas gerações".

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

CaféPoint AgriPoint