FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Orçamento do Funcafé para 2020 poderá ser 13% superior ao ano passado

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 24/01/2020

1 MIN DE LEITURA

0
0

Na última segunda-feira (20/01) o presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou, a Lei Orçamentária Anual (LOA), que estima a receita e fixa a despesa da União para o exercício financeiro de 2020.

Pensando nas atividades voltadas para a cafeicultura, o Conselho Nacional do Café (CNC) acompanhou a tramitação do Projeto de Lei Orçamentária 2020 no Congresso Nacional. O texto registra que os recursos sob supervisão do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) são da ordem de R$ 5,89 bilhões, valor 13% superior ao publicado no orçamento de 2019.

Para o presidente do CNC, Silas Brasileiro, esse fato reforça ainda mais a importância da recriação do Conselho Deliberativo da Política do Café (CDPC). “Foi providencial que o ambiente institucional público-privado provido pelo colegiado tenha sido restabelecido em tempo hábil para que a cadeia café, em parceria com o governo, possa trabalhar a distribuição desses recursos de forma responsável, visando ao desenvolvimento sustentável da cafeicultura brasileira”, destaca.

Em relação à sistematização do parque cafeeiro nacional e financiamento dos projetos em desenvolvimento do Consórcio Pesquisa Café, estão direcionados R$ 8,39 milhões. “Este deverá ser um dos pontos de atenção do CDPC este ano, pois nos preocupa o crescimento da reserva de contingência do Funcafé, que limita os investimentos em pesquisa, base da competitividade da cafeicultura brasileira e motivo do contínuo avanço que temos em produtividade e qualidade em nossos cafezais”, alerta o presidente do CNC.

É válido recordar que os R$ 5,89 bilhões correspondem ao total em caixa do Fundo e, desse montante, o CDPC definirá o valor destinado à safra a ser colhida este ano. Segundo Silas Brasileiro, a publicação da LOA 2020 sinaliza que o CDPC deverá trabalhar mais um volume recorde de recursos para o financiamento da cadeia produtiva do café. Para a safra 2019, foram disponibilizados R$ 5,071 bilhões ao setor.

“A sucessão de orçamentos recordes que tem sido trabalhos pelo CDPC é uma prova concreta da competente gestão do Funcafé pela equipe do Ministério da Agricultura e das ações institucionais focadas na preservação do Fundo realizadas pelo CNC ao longo dos anos. Esse fato também é fundamental para evitar a concentração de oferta, permitindo que o cafeicultor negocie sua safra ao longo de 12 meses, podendo analisar os melhores períodos para a venda”, finaliza.

As informações são do CNC

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

CaféPoint AgriPoint