FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

OIC prevê déficit de 500 mil sacas de café para 2019/2020

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 07/11/2019

0
1

A Organização Internacional do Café (OIC) apresentou sua estimativa para o cenário internacional da commodity na safra de 2019/2020. De acordo com a entidade, haverá um déficit de 500 mil sacas no período, com a expectativa de diminuição da produção de arábica no Brasil por causa da bienalidade negativa.

Pelos cálculos, a oferta mundial de café cairá 0,9%, para 167,4 milhões de sacas, em relação ao ciclo anterior, com um declínio de 2,7% na produção de arábica (para 95,68 milhões de sacas), enquanto que a produção de canéfora deverá aumentar 1,5% (para 71,72 milhões de sacas).

Conforme o relatório mensal, a produção da América do Sul deve diminuir 3,2%, para 78,08 milhões de sacas. A previsão é de que o abastecimento pela Ásia e Oceania cresça 1,9%, para 49,58 milhões de sacas, por conta, em grande parte, da recuperação da produção da Indonésia, enquanto que o Vietnã deverá permanecer estável. Na América Central e México, a expectativa é de um aumento de 0,9% (para 21,54 milhões de sacas), enquanto a produção da África é estimada em 0,6% (para 18,2 milhões de sacas).

A OIC também projeta uma redução da demanda global, mas em um ritmo mais lento, fazendo com que ocorra o déficit. "É provável que o crescimento do consumo mundial de café diminua em 2019/2020, em linha com o crescimento mais lento esperado para a economia global", comparou a entidade. Na última década, a compra mundial de café apresentou taxa média anual de expansão de 2,1%, mas a projeção é de um aumento de 1,5%, para 167,9 milhões de sacas.

O relatório ressalta que, em 2019/2020, a demanda na Ásia e Oceania deverá crescer 3%, para 37,84 milhões de sacas, e 1,7% na América do Norte, para 30,97 milhões de sacas. A Organização também estima que a demanda africana de café cresça 1,8%, para 11,94 milhões de sacas, e 1,4% na América Central e México, para 5,47 milhões de sacas. Para a Europa, a projeção é de elevação de 1,2%, para 54,54 milhões de sacas. No entanto, a estimativa é de que o consumo na América do Sul permaneça estável em 27,14 milhões de sacas no período.

As informações são da Agência Estado.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.