FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Nos 20 anos do Cup of Excellence, produtor de Ibiraci é o grande campeão

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 21/10/2019

0
0

Por Mariana Proença, diretamente de Lavras (MG)


Yuko Itoi, provadora japonesa, completando seu 50° concurso CoE no mundo

André Aguila, da Fazenda Pai e Filho, localizada no município mineiro de Ibiraci venceu, na tarde de sábado - 19 de outubro - o concurso Cup of Excellence 2019, realizado em Lavras (MG). A cidade do produtor - localizada a 40 km de Franca (SP) - está em um braço da Região da Alta Mogiana e em processo de reconhecimento oficial para entrar na Indicação Geográfica.

O feito de André coroou o país do café natural (seco com a casca no terreiro) e deu luz a um novo momento do café brasileiro: produtores que são provadores. Será que podemos afirmar que temos a nova geração de Farmer-Graders? Ele, atual campeão do certame nacional de provadores de café (Cup Tasters 2019) conseguiu o feito de alcançar a primeira posição também no principal e um dos mais antigos concursos do Brasil - o Cup of Excellence.

Com a média de nota de 92,23 pontos entre provadores internacionais, o café de André será leiloado em novembro junto com outros 26 cafés que conseguiram notas acima de 87 pontos no concurso e são considerados “CoE Winners”. Outros seis cafés também foram selecionados para o leilão na categoria “National Winners”, totalizando 33 cafés premiados.

A nova fase da produção de cafés especiais no Brasil já é realidade no dia a dia dos cafeicultores. Hoje quem entra neste mercado sabe que precisa se capacitar. E aí está o resultado: produtores que aprenderam a provar seus cafés, que estão trocando ideias em grupos de profissionais, que fazem cursos, que pedem auxílio da pesquisa nacional e que fazem cafés antes inimagináveis para Brasil. Conclusão: ouvir dos juízes internacionais que os 10 finalistas (de sete regiões diferentes) eram cafés incríveis e com perfis de sabores distintos e de difícil escolha. Além de tudo as variedades também: geisha, catuaí, bourbon, dentre outras.


Campeão André Aguila celebra vitória em meio a 442 cafés

20 anos de Cup of Excellence
Este ano, em celebração as duas décadas de Cup of Excellence, o evento retornou para a cidade de origem, Lavras, e para a Universidade Federal de Lavras (Ufla), onde, em 1999, provadores nacionais e internacionais fizeram o primeiro certame. Foram também anfitriões a SanCoffee - cooperativa e exportadora de cafés de Santo Antônio do Amparo.

Durante uma semana, parte dos fundadores do CoE, representantes da Alliance for Coffee Excellence (ACE), da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) e da Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção e Exportações e Investimentos) estiveram presentes na região de Campos das Vertentes para celebrar o concurso.


Mirante da Fazenda Guariroba, em Santo Antônio do Amparo, Campo das Vertentes

Dentre as atividades, visitas às fazendas Samambaia, Guariroba e Novo Horizonte, além de provas de cafés brasileiros de pesquisas realizadas no Instituto Agronômico de Campinas (IAC), pelo professor Gerson Giomo, e também da Ufla, com a coordenação do professor Flávio Borém, que exaltou a importância da universidade em todo o processo de melhoramento dos cafés no País.


Juízes internacionais e jornalistas participaram de visita às fazendas. Acima, o Sítio Novo Horizonte, da produtora Eunice Rodrigues. Abaixo, produtor Henrique Cambraia recebe visitantes no Armazém da SanCoffee - cooperativa e exportadora de cafés especiais.

Estrelas do café mundial
Em virtude da celebração de 20 anos, estiveram presentes grandes nomes do mercado de café mundial, como: George Howell, Susie Spindler, Hidetaka Hayashi, Kentaro Maruyama, Silvio Leite, Marcelo Vieira, Martin Diedrich e Jim Reynolds, dentre outros (foto)

Todos eles puderam participar das provas dos cafés, como convidados, sob a coordenação do juiz principal, o guatemalteco Eduardo Ambrocio, da Prisma Coffee Origins, que reforçou durante o evento: “a qualidade do cafés estava excelente e, mesmo em um ano difícil para a cafeicultura brasileira, encontramos grãos com sabores complexos. Aos produtores que não ganharam, peço que continuem e não desistam”.

Foram para a final do certame o total de 40 finalistas. Este ano, o concurso recebeu na primeira etapa 442 amostras. Dessas, apenas 124 passaram pela pré-seleção de juízes nacionais. Somente cafés acima de 86 pontos seguiram para a final, que foi então, realizada entre os dias 15 e 19 de outubro, na Ufla.


Provadores puderam fazer cuppings de experimentos do professor Flávio Borém, da Ufla, em Lavras

A final foi formada por 10 regiões diferentes, o que demonstrou a diversidade de grãos de qualidade no Brasil. Os cafés, acima de 90 pontos ganham uma menção honrosa como “Cafés Presidenciais”. Este ano foram cinco amostras que conseguiram alcançar essa pontuação e, cada uma, de uma região do Brasil: Chapada de Minas, Chapada Diamantina, Mantiqueira de Minas, Campo das Vertentes e Alta Mogiana (a cidade de Ibiraci está em processo de inclusão à região de Alta Mogiana junto a outros 22 municípios que formariam a Indicação Geográfica).

Cafés Presidenciais
1° lugar - 92,23 pontos: André Luis Aguila Ribeiro (Fazenda Pai e Filho), de Ibiraci (MG), Alta Mogiana
2° lugar - 92,15 pontos: Leonardo Montesanto Tavares (Fazenda Primavera), de Angelândia (MG), Chapada de Minas (Campeão em 2018)
3° lugar - 91,84 pontos: Merce Jordan Araújo Silva (Sítio São Sebastião), de Piatã (BA), Chapada Diamantina 
4° lugar - 90,61 pontos: Santuário Sul (Santuário Sul), de Carmo de Minas (MG), Mantiqueira de Minas
5° lugar -  90,47 pontos: André Luiz Alvarenga Garcia (Fazenda Jaguara), de São João Del Rei (MG), Campo das Vertentes

TOP 10
Todo mundo queria saber quem eram os 10 melhores. Foram de sete regiões diferentes. Conheça:

6° lugar -  89,70 pontos -  Marianna Carneiro de Carvalho Junqueira, do Sítio D'água Limpa, em Virgínia (MG), do Sul de Minas
7° lugar -  89,58 pontos -  João Roberto Santana, da Fazenda Gerais, de Piatã (BA), da Chapada Diamantina
8° Lugar -  88,88 pontos - Edir José de Carvalho, do Sítio Portella, de Caldas (MG), do Sul de Minas
9° lugar -  88,80 pontos - Raimundo Dimas Santana Filho, da Fazenda Santo Antônio, de Araponga (MG), das Matas de Minas
10° lugar -  88,61 pontos - Lilian Carrijo, da Fazenda Aterradinho, de Ibiraci (MG), Alta Mogiana


Produtores de Ibiraci com o juiz principal: Eduardo Ambrocio, da Guatemala

Grande campeão
André Aguila - produtor e atual campeão brasileiro de Cup Tasters (prova de café) - surpreendeu alcançando o primeiro e o 10° lugares com duas amostras no concurso. Ele, a esposa Lilian Carrijo e o pai dela são os proprietários das Fazendas Pai e Filho e Aterradinho, no município de Ibiraci (MG). O café é catuaí amarelo, de processo natural clássico, seco em terreiro de concreto.

Silvio Leite, juiz e um dos criadores do Cup of Excellence, declarou durante a cerimônia que “a dimensão da mesa foi extraordinária, só que esse café especificamente foi multidimensional, pois, cada vez que provamos, ele ainda tinha outros sabores. Esses sabores foram muito marcantes, além da limpeza e da doçura, tinha muita raridade e complexidade. Foi um café que, como poucos na vida, pontuei 100 pontos. Esse é um super campeão.”


Provadores internacionais e nacionais com a equipe da BSCA, Ufla, SanCoffee, ACE e voluntários

A esposa de André, Lilian, não pode estar presente pois no dia anterior - 18 de outubro - nasceu a primeira filha do casal: Helena. André, muito emocionado, falou: “esse ano para mim foi muito intenso. Estamos na região de Ibiraci, um braço da Alta Mogiana, e esse café foi uma troca de experiências e parcerias entre produtores no pós-colheita. Esse café despontou desde o início e com uma seca bem lenta e alguns segredinhos chegamos lá. No início do ano ganhei o Cup Tasters, nasceu minha filha Helena ontem e tivemos mais cafés classificados entre os melhores do Cup of Excellence”.

Veja a lista e a pontuação dos 33 cafés que foram premiados. Para ver em detalhes e ampliado, clique aqui

11° lugar - 88.50 - AGNALDO MARTINS DE ASSUNÇÃO / FAZENDA VOLTA DA SERRA / PIATÃ - BA / CHAPADA DIAMANTINA 
12° lugar - 88.46 - ECOAGRICOLA CAFÉ LTDA / ECOAGRICOLA CAFÉ LTDA / FRANCISCO DUMONT - MG  / CHAPADA DE MINAS 
13° lugar - 88.36 - JOSÉ WANDERLEY VIANA  / SÍTIO LAGOA II  / PEDRALVA - MG MANTIQUEIRA DE MINAS 
14° lugar - 88.29 - ADILA PEREIRA COLI  / SÍTIO DOS COLIS  /  CARMO DE MINAS - MG  / MANTIQUEIRA DE MINAS 
15° lugar -  88.14 -  MAURO BILLI  / FAZENDA MANTISSA  / CAMPESTRE - MG  / SUL DE MINAS 
16° lugar - 88.04 - FAZENDA SERTÃOZINHO  / FAZENDA SERTÃOZINHO / BOTELHOS - MG  / SUL DE MINAS 
17° lugar -  88.02 - JORGE BARAKAT  / FAZENDA PARAÍSO / JOÃO PINHEIRO - MG / CERRADO MINEIRO 
18° lugar -  87.80 - EDUARDO PINHEIRO CAMPOS  / FAZENDA DONA NENÉM / PRESIDENTE OLEGÁRIO - MG / CERRADO MINEIRO 
19° lugar - 87.69 - GILBERTO AUGUSTO CAINELLI BASILIO / FAZENDA ZAROCA  / TRÊS PONTAS - MG  / SUL DE MINAS 
20° lugar - 87.68 - ALESSANDRO ALVES HERVAZ  / FAZENDA FORTALEZA  / SÃO GONÇALO DO SAPUCAÍ - MG  / MANTIQUEIRA DE MINAS
21° lugar - 87.68 - HENRIQUE LEIVAS SLOPER DE ARAÚJO  / FAZENDA CAMOCIM /  DOMINGOS MARTINS - ES  / MONTANHAS DO ESPÍRITO SANTO (Campeão em 2017)
22° lugar - 87.54 - EDSON ROSA GARCIA  / SÍTIO SANTA TEREZINHA / CARMO DE MINAS - MG  / MANTIQUEIRA DE MINAS 
23° lugar -  87.52 - FRANCISCO OTÁVIO LOTUFO FAZENDA BARREIRO POÇOS DE CALDAS - MG SUL DE MINAS 
24° lugar -  87.48 - JÚLIO CESAR FERREIRA  / SÍTIO FORTALEZA /  SÃO GONÇALO DO SAPUCAÍ - MG  / MANTIQUEIRA DE MINAS
25° lugar -  87.43 - JOSÉ MAURO MIRANDA  / SÍTIO DOS ESTOUROS / ARAPONGA - MG  / MATAS DE MINAS 
26° lugar - 87.34 - JEAN VILHENA FALEIROS  / FAZENDA SANTA MÔNICA CÁSSIA - MG  / SUL DE MINAS 
27° lugar -  87.16 - CLAYTON MAPELLI CERRI  / NASCENTES DA GRAMA  / SÃO SEBASTIÃO DA GRAMA - SP  / MÉDIA MOGIANA 

Nacional Winners que receberam menção e também vão ao leilão:

- 85.98 /  TOMIO FUKUDA / FAZENDA BAÚ  / LAGOA FORMOSA - MG  / CERRADO MINEIRO
- 85.98  / MAURÍLIO BRAZ BORGES  / SÍTIO NOSSA SENHORA APARECIDA  / CAMPANHA - MG  /  MANTIQUEIRA DE MINAS 
- 85.98 /  OSMAR PEREIRA NUNES JUNIOR  / FAZENDA FREITAS  / PATROCÍNIO - MG  / CERRADO MINEIRO (Campeão em 2017)
- 85.74 / ELISA PAIVA LAMOUNIER /  FAZENDA GUARIROBA I  / SANTO ANTÔNIO DO AMPARO - MG  / CAMPO DAS VERTENTES (Campeã em 2016)
- 85.08 / MARIA SORAIA GUIMARÃES / FAZENDA JACU L. TIJUCO /  SERRA DO SALITRE - MG  / CERRADO MINEIRO 

Veja também os 40 finalistas que foram provados por juízes internacionais (para ver ampliado, clique aqui)

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.