FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Governo assina volta do Conselho Deliberativo da Política do Café

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 20/01/2020

0
0

Na semana passada foi assinado pela ministra Tereza Cristina, um documento que formaliza a composição do Conselho Deliberativo da Política do Café (CDPC). Em 11 de abril de 2019, através do Decreto nº 9.759, o governo federal determinou a extinção de alguns colegiados a partir de 28 de junho de 2019, entre os quais o CDPC. Então, o Conselho Nacional do Café contatou as demais entidades da cadeia produtiva para estruturar defesa consensual da continuidade do colegiado.

"Todos os segmentos concordaram que o fórum é fundamental para o bom exercício da atividade no país, sendo responsável para que sejamos o mais sustentável possível e o principal player do mercado mundial. Também tiveram esse entendimento os Ministérios contatados por nós que compõem o CDPC", recorda Silas Brasileiro, presidente do CNC.

Conforme a Portaria nº 4, o Conselho Deliberativo será composto por representantes dos Ministérios da Agricultura, da Economia e das Relações Exteriores, além das entidades do setor privado, como o CNC, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), a Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), a Associação Brasileira da Indústria de Café Solúvel (Abics) e o Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé).

"É oportuno registrar o esforço da ministra Tereza Cristina e de sua equipe para o êxito dessa conquista, que significa termos uma política definida para a cafeicultura brasileira ser cada vez mais sustentável", destaca o presidente do CNC.

Entre as atribuições do CDPC, constam:

i) Aprovar o plano de safra para o setor cafeeiro;

ii) Autorizar a realização de programas e projetos de pesquisa agronômica, mercadológica e de estimativa de safra;

iii) Avaliar ações destinadas à manutenção do equilíbrio entre oferta e demanda;

iv) Estabelecer a cooperação técnica e financeira, nacional ou internacional, com organismos oficiais ou privados;

v) Aprovar, anualmente, o direcionamento das dotações orçamentárias consignadas ao Funcafé na Lei Orçamentária Anual (LOA);

vi) Aprovar o Programa Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento do Café, proposto pela coordenação do Consórcio Pesquisa Café; e

vii) Aprovar a adesão de instituições integrantes e parceiras ao Consórcio Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento do Café.

A Portaria também designou os representantes do Comitê Técnico do CDPC, criado para discutir as propostas que serão levadas ao pleno do Conselho e fazer a avaliação do Programa Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento do Café, financiado, em parte, com recursos do Funcafé.

As informações são do CNC

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.