FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Estadunidenses atingem novos recordes de consumo de café

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 03/04/2020

0
0

Em seu relatório 2020, a National Coffee Data Trends (NCDT) apresentou dados sobre os hábitos de consumo de café nos Estados Unidos. O presidente e CEO da NCA, Bill Murray, diz que o café é essencial para o dia a dia do norte-americano.

“O relatório deste ano mostra o quanto os estadunidenses confiam na energia, conforto e normalidade de sua bebida favorita. Mas estes são tempos difíceis e os negócios não estão como de costume”, diz Murray.

A NCA incentiva todos na indústria a apoiarem pequenas empresas, governos, autoridades de saúde e trabalhadores para evitar o mínimo possível de impactos por conta da covid-19 (coronavírus).

Os principais resultados do NCDT incluem:

- O consumo geral de café aumentou 5% em todo o país desde 2015;

- 7 em cada 10 americanos consomem café toda semana, enquanto 62% tomam todos os dias;

- O consumidor médio de café americano consome pouco mais de três xícaras por dia;

- Boa parte opta por opções to go;

 - Nove em cada dez consumidores mais velhos consomem uma xícara pela manhã. Os jovens têm quase duas vezes mais chances de consumir a bebida na hora do almoço do que alguém com mais de 60 anos;

- A popularidade das máquinas de café com copo único aumentou quase 50% nos últimos cinco anos. Os americanos têm 24% menos probabilidade do que em 2015 de preparar seu café em uma cafeteira tradicional;

- 48% dos consumidores diários de café que compram sua bebida em restaurante de serviço rápido, cafeteria, loja de donuts ou loja de conveniência, fazem isso através de um drive-thru. Um quarto das pessoas usam aplicativos para pedir a bebida;

- Quase 60% dos cafés servidos nos Estados Unidos são preparados a partir de grãos especiais;

- Os consumidores de café estão migrando para as bebidas à base espresso, com o consumo de cappuccinos, lattes e flat white em incríveis 50% no mesmo período, impulsionado em parte entre os 25 e 39 anos;

- Cafés frios eram praticamente desconhecidos em 2015, mas agora um em cada cinco norte-americanos com menos de 40 anos consome pelo menos um a cada semana;

- O consumo de café tradicional diminuiu 10%, embora os consumidores com mais de 60 anos tenham duas vezes mais chances de consumir café tradicional do que entre 18 e 24 anos;

- Os consumidores de café no Nordeste do país têm quase 15% mais chances de pedir bebidas à base de café espresso do que os consumidores de café no Centro-Oeste. O meio-oeste é menos provável que peça descafeinado;

- As opções de café refletem as preferências regionais, culturais e geracionais dos estadunidenses;

- O consumo de café normalmente aumenta com a idade, mas os norte-americanos com menos de 40 anos cresceram o consumo de café em 40% desde 2015;

- Mais da metade dos consumidores de café (53%) deseja comprar um café certificado;

 As informações são do Global Coffee Report / Tradução Juliana Santin

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.