FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Emater-MG sedia reunião do Grupo de Trabalho Brasil da Plataforma Global do Café

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 13/11/2019

0
0

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), instituição vinculada à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), vai sediar, no dia 19 de novembro, das 13h às 18h, mais uma reunião do Grupo de Trabalho Brasil da Plataforma Global do Café (GCP). O evento será realizado no auditório da sede da empresa, em Belo Horizonte (MG).

O tema central do encontro será o Uso Responsável de Agroquímicos, com contribuições de um especialista da área de Tecnologia de Aplicação. Serão abordados casos de sucesso na adoção de ferramentas da GCP Brasil, como o Currículo de Sustentabilidade do Café (CSC), o CSC App e o Sistema Interno de Gestão (SIG) para sustentabilidade, todos manejados por meio de técnicas de aprendizado e baseados em problemas.

A reunião do grupo deverá contar com cerca de 50 participantes dos estados de Minas Gerais, São Paulo, Espírito Santo, Paraná e Rondônia. O encontro acontecerá um dia antes do início da Semana Internacional do Café, programada para o período de 20 a 22 de novembro, no Expominas, também na capital mineira.

Associação internacional

A Plataforma Global do Café é uma associação internacional com mais de 140 membros de todos os segmentos da cadeia produtiva do café. Além do Brasil, a associação atua em países como Colômbia, Vietnã, Indonésia, Tanzânia, Uganda, Quênia, Honduras e Peru. O objetivo principal da GCP é ter um setor cafeeiro sustentável, que ofereça boas condições de vida para agricultores e trabalhadores, assegurando a permanência deles na atividade, enquanto protege os recursos naturais.

Atualmente, no Brasil, a CGP conta com 54 instituições membros e dezenas de instituições parceiras, distribuídas em todas as regiões produtoras de café. O Brasil é o maior produtor e fornecedor mundial de cafés sustentáveis e possui inúmeras iniciativas e projetos para promover a sustentabilidade.

A Emater-MG, embora não seja membro da Plataforma Global do Café, é parceira da organização, conforme explica o coordenador técnico estadual de cafeicultura da Emater-MG, Bernardino Cangussú. “Fazemos parte do Grupo de Trabalho Brasil, que reúne instituições envolvidas em ações com sustentabilidade na cafeicultura”, afirma.

Segundo ele, o grupo reúne especialistas de vários setores. “São extensionistas, pesquisadores, consultores e representantes de grandes companhias mundiais de café”, pontua. Bernardino reforça que, além de troca de experiências, a reunião da GCP vai possibilitar discussões sobre temas relevantes para a cafeicultura. “Isso possibilita à Emater-MG agregar conhecimento e disponibilizar novas tecnologias para o produtor”, argumenta.

Maior produtor

O estado de Minas Gerais é o maior produtor e exportador nacional de cafés. O grão é cultivado em 457 municípios, totalizando uma área de 1,22 milhões de hectares. Para a safra 2019, a previsão de colheita é de 24,2 milhões de sacas da espécie arábica, o equivalente a 70% da safra nacional do tipo.

As informações são da Emater-MG.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.