ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Com foco nas lavouras brasileiras, cotações do café operam com valorização nesta terça-feira (20)

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 20/04/2021

1 MIN DE LEITURA

0
0

O mercado futuro do café arábica abriu o pregão desta terça-feira (20) com altas para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). Por volta das 8h55 (horário de Brasília), maio/21 tinha alta de 165 pontos, valendo 131,50 cents/lbp; julho/21 tinha alta de 155 pontos, negociado por 133,50 cents/lbp; setembro/21 tinha alta de 160 pontos, valendo 135,50 cents/lbp; e dezembro/21 tinha alta de 175 pontos, negociado por 137,95 cents/lbp. 

As cotações operam com valorização em um momento em que o mercado está focando nas condições das lavouras brasileira. Apesar de a chuva ter retornado nas principais áreas de produtoras do País, os volumes ainda estão abaixo do esperado e geram certa incerteza quanto ao desenvolvimento da planta para 2022. Além disso, produtores começam a observar a presença de grãos chochos e apodrecidos pouco antes da colheita. 

Em Londres, o café tipo canéfora (conilon) abriu com estabilidade e os principais contratos registravam valorização de US$ 1 por tonelada. Maio/21 tinha alta de US$ 1358, julho/21 era negociado por US$ 1386, setembro/21 por US$ 1403 e novembro/21 era negociado por US$ 1420.

Do lado negativo para os preços, o mercado segue pressionado pela pandemia da Covid-19. "A preocupação de que um ressurgimento de infecções por Covid-19 possa levar a restrições mais rígidas que manterão restaurantes e cafeterias fechados por mais tempo. As novas infecções globais semanais pelo vírus, na semana encerrada em 19 de abril, aumentaram 12%, o maior índice desde o início da pandemia", destacou análise do site internacional Barchart. 

Mercado Interno - última sessão 

No Brasil, o dia foi de estabilidade nas principais praças produtoras do País. O tipo 6 bebida dura bica corrida teve alta de 0,66% em Guaxupé (MG), negociado por R$ 763. Poços de Caldas (MG) registrou valorização de 0,69%, valendo R$ 725. Varginha (MG) teve baixa de 0,26%, valendo R$ 768.

O tipo cereja descascado teve alta de 0,63% em Guaxupé (MG), valendo R$ 805. Poços de Caldas (MG) registrou valorização de 0,65%, negociado por R$ 770. Já Varginha (MG) teve queda de 1,25%, valendo R$ 790.

As informações são do Notícias Agrícolas.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

CaféPoint AgriPoint