FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Brasil bate recorde nas exportações do ano-safra 2018/2019

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 08/07/2019

0
0

Dados disponibilizados hoje (08/07) pelo Conselho dos Exportadores de Café do Brasil, Cecafé, apontam que no ano-safra, que vai de julho de 2018 a junho de 2019, o Brasil exportou 41,1 milhões de sacas de café.

Para o presidente do Cecafé, Nelson Carvalhaes, esse é um recorde histórico, com um aumento de 35% quando comparado com a safra anterior. “O que demonstra o quanto o Brasil tem trabalhado há muitos anos no café, como investiu em pesquisa, tecnologia, indústria local, incrementou o consumo e faz uma produção eficiente e estável”, completa.

A receita cambial no ano-safra 2018/2019 foi de US$ 5,3 bilhões (equivalente a R$ 20,8 bilhões), representando também um aumento de 9,8%, em relação ao mesmo período anterior.

Em relação às variedades embarcadas de julho de 2018 a junho de 2019, o café arábica representou 81,7% das exportações, com 33,6 milhões de sacas; o solúvel, 9,5% (3,9 milhões de sacas) e o robusta, 8,8% (3,6 milhões de sacas). Na comparação com o ano-safra 2017/2018, o Brasil exportou 27,9% a mais de café arábica, 11,3% a mais de café solúvel e 429,1% a mais de café robusta. Um crescimento geral em função da última safra.

Já sobre as exportações mensais, em junho, o Brasil exportou 2,9 milhões de sacas de café, um crescimento de 12% em relação ao mesmo mês do ano passado e maior volume para um mês de junho nos últimos cinco anos. A receita cambial no mês chegou a US$ 340,3 milhões, queda de 10,9% em relação a junho de 2018, enquanto que o preço médio foi de US$ 117,64, decréscimo de 20,5% em relação ao mesmo período de 2018.

Foram embarcadas 75,8% de café arábica (2,2 milhões de sacas), 13,3% (385 mil sacas) de canéfora e 10,7% de solúvel (311 mil sacas).

 Ano civil de janeiro a junho de 2019

Nestes seis primeiros meses do ano o Brasil exportou 20 milhões de sacas, também, um recorde histórico para o período. Um aumento de 37,4% na comparação com o primeiro semestre de 2018. A receita cambial no período foi de US$ 2,5 bilhões, alta de 10,5% em relação ao mesmo período de 2018. Já o preço médio foi de US$ 125,52, decréscimo de 19,6% na mesma base comparativa com 2018.

Principais destinos

No ano safra 2018/2019 o café brasileiro foi exportado para: os Estados Unidos, com a exportação de 7,5 milhões de sacas (18,3% dos embarques totais no período); Alemanha, com a exportação de 6,6 milhões de sacas (16,1%); Itália, com 3,7 milhões de sacas (8,9%); Japão, com 3 milhões de sacas (7,4%); Bélgica, com 2,8 milhões de sacas (6,7%); Reino Unido, com 1,3 milhão de sacas (3,2%); Turquia, com 1,2 milhão de sacas (2,9%); Federação Russa, com 974 mil sacas (2,4%); Canadá, com 919 mil sacas (2,2%); e Espanha, com 843 mil sacas (2,1%).

Todos os dez principais destinos apresentaram, quando comparado ao ano-safra 2017/2018, crescimento no consumo de café brasileiro, sem exceções. Entre eles, destaca-se o Reino Unido, que importou 57,1% a mais de café brasileiro; Japão, com crescimento de consumo de 48,5% e Turquia, com crescimento de 40,4%.

O relatório completo está disponível no site do Cecafé

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.