FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Boa Esperança (MG) contará com projeto Educampo

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 10/12/2019

0
0

O Sindicato Rural de Boa Esperança (MG) recebeu o lançamento do projeto Educampo no município, que será desenvolvido nos próximos meses em parceria com o Sebrae e com o apoio da Minasul. No dia 12, o mesmo encontro acontecerá em Varginha, no auditório da Minasul, às 18h. Da mesma forma que em Boa Esperança, a proposta é apresentar a plataforma do projeto, explicar como funciona e a importância do engajamento de todos os envolvidos para o resultado esperado.

O Educampo é um projeto de apoio aos agricultores que já existe há 22 anos. De acordo com o consultor de Agronegócio do Sebrae, Breno Augusto Assis Mendonça, nestas duas décadas, o projeto já atendeu a 514 propriedades rurais, sendo 166 delas na região do Sul de Minas. Entre os municípios, algumas localidades bem próximas, como Alfenas, Cabo Verde, Campestre, Guaxupé, Nepomuceno, Piumhi, Santa Rita do Sapucaí, São Gonçalo do Sapucaí, São Roque de Minas e outras.

O projeto disponibiliza a inteligência essencial para o desenvolvimento individual e coletivo do agronegócio. A plataforma, criada pelo Sebrae, gera a inteligência considerada essencial para construir capacidades e criar oportunidades para o desenvolvimento individual e coletivo do agronegócio. “O objetivo é auxiliar os produtores com estratégias de gerência e tecnologia para a obtenção de maior produtividade”, explica.

O engenheiro agrônomo da cooperativa, Adriano Rabelo de Rezende, aponta que o produtor que consegue planejar melhor os seus custos tem mais condições de obter lucro. “As lavouras são muito diferentes, os custos e o lucro também. Dentro de uma mesma propriedade podem ter duas, três lavouras e cada uma com a sua realidade de custo/produção. O produtor precisa conhecer a realidade de cada uma em profundidade para ter uma planilha real. Isso facilita muito uma decisão de venda em mercado futuro, por exemplo, pois ele saberá o quanto está lucrando”, ressalta.

As orientações em questão ajudam a traçar estratégias, projeções, cenários e análises integradas que apoiam o planejamento e as decisões dos produtores e da cadeia produtiva, proporcionando eficiência e evolução. “Teremos consultorias individuais apoiadas por ferramentas gerenciais exclusivas. Capacitações que ampliam a experiência da gestão e troca de conhecimento e networking entre produtores e consultores”, informa Adriano. De acordo com ele, os produtores rurais mineiros estão se adaptando a novas formas de gerenciar suas propriedades e lucrando com mais.

Todos os especialistas envolvidos são selecionados e treinados pela metodologia Educampo e estão aptos a fazer uma coordenação compartilhada com empresas e cooperativas parceiras. “Eles atuam oferecendo consultoria gerencial e tecnológica aos agricultores, com o intuito de melhorar a performance econômica e financeira dos produtores”, explica.

As informações são da Ascom Minasul.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.