FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Arábica encerra quinta-feira com altas de até 115 pontos

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 11/07/2019

0
0

Nesta quinta-feira (11), os principais vencimentos do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures) encerraram o dia com altas de até 115 pontos. O contrato de julho/19 apresentou alta de 55 pontos, cotado a 106,05 cents/lb. O setembro/19 valorizou 115 pontos, a 107,05 cents/lb. O dezembro/19 também subiu 115 pontos, a 110,85 cents/lb. Já o março/20 teve alta de 110 pontos, cotado a 114,50 cents/lb.

De acordo com a Reuters, no II Fórum Mundial de Produtores de Café, que está sendo realizado em Campinas (SP), produtores e cooperativas disseram que serão bem prováveis que a próxima safra apresente danos, embora ainda estejam avaliando quão intensas e extensas foram as geadas.

A agência também apontou que, para os agentes de mercado, há apenas um pequeno risco de problemas. Para o analista de mercado Jack Scoville, da Price Futures Group, por exemplo, os danos não foram dos mais severos. Em Minas Gerais, segundo ele, o grão foi pouco afetado.

“As geadas não foram muito fortes, mas certamente haverá algum impacto na produção”, disse Carlos Augusto de Melo, presidente da Cooxupé, em entrevista à Reuters. A colheita de café na área de atuação da cooperativa chegou a 58,72% do total. A estimativa é de que os associados produzam 7,6 milhões de sacas em 2019.

Mercado

Ainda de acordo com a agência, cafeicultores e cooperativas brasileiras venderam grandes volumes de café nos mercados futuros, aproveitando o aumento nos preços. Por volta das 16h43 (horário de Brasília), o dólar comercial operava a R$ 3,751.

No mercado interno, o contrato tipo 4/5 apresentou queda de -3,26% em Poços de Caldas (MG), valendo R$ 426. Varginha (MG) também apresentou desvalorização de -1,16%, a R$ 425. No tipo 6 duro, Poços de Caldas (MG) também teve a maior queda: -3,26%, valendo R$ 416. Por sua vez, o Oeste da Bahia subiu 1,23%, a R$ 410.

No café tipo cereja descascado, Poços de Caldas (MG) também figura como a região detentora da maior queda: -2,92, a R$ 466. Varginha (MG) desvalorizou -2,17, a R$ 450. As demais áreas permaneceram estáveis.

As informações são do portal Notícias Agrícolas.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.