ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Ministra da Agricultura anuncia a criação de Comitê Temático de Insumos

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 23/11/2021

4 MIN DE LEITURA

0
0

Durante a abertura do 8º Congresso Brasileiro de Fertilizantes, evento on-line realizado nesta terça-feira (23) pela Associação Nacional para Difusão de Adubos (ANDA), a Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, anunciou a criação de um Comitê Temático no dia 29 de novembro, com o intuito de debater os principais temas ligados ao setor de insumos, incluindo a área de fertilizantes, com a participação da inciativa privada e de entidades setoriais, a fim de garantir o fornecimento dos insumos para as próximas safras brasileiras.

De acordo com a Ministra, está prevista uma viagem ainda em dezembro para o Canadá, para realizar conversas com o país e seus fornecedores sobre o tema de fertilizantes. Ela fez um resumo sobre a reunião com empresas russas e com o Ministério de Desenvolvimento da nação, que asseguraram o cumprimento dos contratos já estabelecidos. “Foi uma conversa alinhada no qual ressaltaram que o Brasil é um parceiro estratégico”, pontuou Tereza Cristina, que acrescentou que eles iriam também estudar a possibilidade de estudar algum excedente ao país.


Foto: Cauê Diniz

Em sua participação no evento da ANDA, a Ministra comentou sobre sua reunião com outras empresas globais, incluindo fornecedor da Bielorrússia, cuja preocupação está nas sanções econômicas que aquele país deverá receber por parte da União Europeia e dos Estados Unidos, gerando dificuldades para suas exportações. Todas essas ações realizadas ou programadas pelo MAPA foram decorrentes de um encontro com o setor de fertilizantes que expôs seus desafios atuais.

O 8º Congresso Brasileiro de Fertilizantes está sendo acompanhado por mais de 3 mil participantes. Na abertura, Eduardo de Souza Monteiro, Presidente do Conselho de Administração da ANDA, ressaltou a contribuição do setor de fertilizantes para a competitividade, produtividade e sustentabilidade do agronegócio brasileiro. Ano passado, o segmento alcançou o recorde de 40 milhões de toneladas vendidas, o que representou um crescimento de 12% comparado a 2019, de 36 milhões de toneladas comercializadas. “Consultorias estimam um novo recorde em 2021”, afirmou.

Ele comentou sobre a alta dependência das importações no setor e, em decorrência desse cenário, o Governo Federal iniciou um debate para a criação de um plano federal de fertilizantes para contribuir com o desenvolvimento ainda maior do segmento. A ANDA tem participado ativamente dessa iniciativa, assim como seus associados, por meio de diversas frentes de trabalho, que sugerem a desoneração da tributação de toda a cadeia de produção, o estímulo de novas tecnologias, do uso consciente de fertilizantes e de uma infraestrutura logística e de armazenamento mais eficientes.

O primeiro painel “Mercado Brasileiro e Mundial de Fertilizantes” mostrou a importância de se investir em fertilizantes mesmo diante da alta dos preços. Alzbeta Klein, CEO e diretora geral da International Fertilizer Association (IFA), comentou os três pontos de disrupção que afetou o setor, como os eventos de clima que culminaram em perdas de plantações, os furacões nos Estados Unidos; o cenário global econômico, com a elevação do preço de energia, e as questões geopolíticas, como sanções para alguns setores e países. Ela analisou ainda que a produção brasileira de fertilizantes permanece abaixo da necessidade do consumo doméstico e, por isso, o país é um dos principais importadores mundiais do setor.

Já Corrine Ricard, sênior VP e presidente da Mosaic Fertilizantes Brasil, destacou que o agronegócio brasileiro não é apenas um sucesso econômico, mas também na área de sustentabilidade ambiental ao adotar práticas sustentáveis. A seu ver, os preços dos fertilizantes estão alinhados à demanda, mesmo que eles possam parecer frustrantes aos produtores rurais no curto prazo. Contudo, ela ponderou outros insumos também tiveram aumento em seus preços, afetando igualmente o setor. Além disso, sua companhia conta com um índice pra analisar o aumento dos preços e o aumento dos insumos, o que colabora na compra de nutrientes no momento mais assertivo para um melhor retorno.

No painel, Carlos Cogo, fundador da Cogo Inteligência em Agronegócio, trouxe como os fertilizantes contribuem para o aumento de produtividade no agro, e mostrou, por meio de uma simulação, que o produtor brasileiro tem mais rentabilidade do que o americano. Segundo ele o produtor nacional comprou os fertilizantes em patamar mais baixos para a safra 2021/2022.

Kauanna Navarro, jornalista especializada em agronegócios da Argus Media Brasil, ressaltou o fator energético, como as crises na China e na União Europeia, que atingiu diretamente a produção de nitrogenados. Comentou ainda a importância de o país buscar alternativas para aumentar a produção nacional, diminuindo a dependência da importação. Segundo ela, há estudos, por exemplo, na área de cloreto de potássio, com jazidas na bacia Amazônica que poderiam ajudar nesse tema. A seu ver, um risco existente é haver a diminuição da aplicação do uso de fertilizantes, devido aos preços, mas essa prática deixaria o produtor rural exposto ao clima.

Homenagem

A ANDA lançou durante o 8º Congresso Brasileiro de Fertilizantes Prêmio “Carlos Florence”, com o objetivo de fomentar a pesquisa científica no setor e contar com uma acervo técnico-científico relevante sobre os principais temas relacionados a esse segmento. A premiação homenageará pesquisas com caráter inovador e está direcionado aos acadêmicos de agronomia na graduação e na pós-graduação. Para se inscrever, é só acessar o site da ANDA.

Para assistir ao Congresso Brasileiro de Fertilizantes, clique aqui.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

CaféPoint AgriPoint