FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Estados Unidos é o principal importador de café brasileiro

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 13/05/2020

0
0

Segundo relatório do Conselhos dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé), o principal destino dos cafés brasileiros no mês de abril foi os Estados Unidos, que importaram 2,7 milhões de sacas no período (20,2% de participação no total das exportações). A Alemanha ficou como segundo maior consumidor, importou 2,4 milhões (equivalente a 18,1% de participação nos embarques), e a Itália, terceiro maior consumidor, importou 1,2 milhão de sacas (9,1%). Na sequência estão a Bélgica, com 767 mil sacas (5,8%); Japão, com 632,4 mil sacas (4,8%); Federação Russa, com 426,2 mil sacas (3,2%); Turquia, com 394,1 mil sacas (3%); Espanha, com 327,7 mil sacas (2,5%); Canadá, com 296,5 mil sacas (2,2%); e França, com 281,4 mil sacas (2,1%).

Entre os destinos listados, a Federação Russa e a Espanha se destacaram ao apresentar um crescimento significativo na compra de café brasileiro, se comparado ao mesmo período de 2019. Os aumentos foram de, respectivamente, 24,7% e 24%.

Entre os continentes e blocos destacam-se as exportações para os países da África, que registraram aumento de 40,2% (268,6 mil sacas); América do Norte, 10% (3,2 milhões de sacas); América Central, 21,3% (31,2 mil sacas); países do BRICS, 26,5% (576,6 mil sacas); Leste Europeu, 21,5% (668,5 mil sacas;) e para os países produtores, 21,2% (618,1 mil sacas).

Apesar do cenário atual de pandemia, o Brasil registrou o incremento nos embarques para os seus principais mercados compradores, Europa e Estados Unidos, que representam juntos 77,5% das exportações e ampliou as suas vendas de café para mais 5 novos destinos (Rep.Democrática do Congo, Macau, Maurício, Ruanda e Uganda).

Em relação aos cafés especiais, os 10 maiores países importadores representaram 78,6% dos embarques no período de janeiro a abril deste ano. Os Estados Unidos seguem sendo o país que mais recebe cafés diferenciados do Brasil, com 425,1 mil sacas exportadas (equivalente a 19,4% de participação nas exportações da modalidade), seguido pela Alemanha, com 318,6 mil sacas (14,5%), e Bélgica, com 238 mil sacas (10,8%). Na sequência estão: Japão, com 211,7 mil (9,6%); Itália, com 180,8 mil (8,2%); Reino Unido, com 94,3 mil (4,3%); Espanha, com 80,3 mil sacas (3,7%); Suécia, com 62,7 mil sacas (2,9%); Finlândia, com 57,1 mil sacas (2,6%); e Países Baixos, com 56,9 mil sacas (2,6%).

Portos

O Porto de Santos segue na liderança como via de escoamento do café neste ano, com 82,5% de participação (11 milhões de sacas embarcadas por ele). Os portos do Rio de Janeiro figuram o segundo lugar, com 11,3% de participação (1,5 milhão de sacas embarcadas por eles).

As informações são do Cecafé.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.