FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Começa hoje, a XIII Expovending com as principais novidades do setor de máquinas automáticas

NOVIDADES DOS PARCEIROS

EM 09/09/2015

3 MIN DE LEITURA

0
0
Começa nesta quarta-feira (09/09), no Anhembi Parque, Palácio das Convenções, em São Paulo, a XIII Expovending & OCS, tradicional e consolidada feira que reúne toda a cadeia de vending machine (máquinas automáticas), office coffee service, food service e horeca (segmento de food service, abreviação de Hotel / Restaurante / Catering). O evento, que é uma iniciativa da Associação Brasileira de Vendas Automáticas (ABVA), com organização da EPS Eventos e patrocínio da Apex-Brasil e N&W Global, gerou, em 2014, mais de R$ 35 milhões em negócios, e traz para esta edição mais de 100 marcas e palestrantes nacionais e internacionais que mostrarão o que há de mais moderno no mercado.

Segundo a ABVA, as vending machines (máquinas de vendas automáticas) estão presentes no Brasil há quase duas décadas e devem faturar mais de US$ 400 milhões somente este ano no país. Isso significa um crescimento de 20% em relação ao ano passado.

Atualmente, há cerca de 120 mil máquinas disponíveis no mercado brasileiro, das quais 65% são de bebidas quentes, 21% de bebidas frias, 13% de snacks e lanches e 1% de outros produtos, como livros, óculos, bijuterias, pen drives, entre outros.

De acordo com a ABVA, a relação habitante/máquina no Brasil é de 2,5 mil habitantes por equipamento, um número muito baixo em relação aos Estados Unidos, que tem uma média de 90 habitantes por máquina, com mais de 50 milhões de unidades e um faturamento anual de US$ 36 bilhões. “Este é um mercado que tem tudo para deslanchar no Brasil. Apesar de termos conseguido bons resultados anualmente, ainda há muito a ser conquistado. Este é o momento de aproveitar as oportunidades”, afirma Carlos Augusto Militelli, CEO da EPS EVENTOS.

No Japão, a indústria de vending machines conta com 5,6 milhões de máquinas e movimenta US$ 100 bilhões em equipamentos e produtos. Metade opera com a venda de alimentos e bebidas, 530 mil máquinas vendem cigarros, 960 mil vendem tickets e 1,3 milhão oferecem produtos diversificados.

O mercado europeu alcança um faturamento de US$ 13 bilhões ao ano com vending machines. São 3,5 milhões de máquinas de alimentos e cigarros e 3,2 milhões que vendem tickets em geral e outros produtos.

"Um dos principais diferenciais, é que com a evolução da tecnologia as máquinas não fazem somente a venda dos produtos, mas também interagem


com os consumidores, o que cria uma experiência com o usuário. Isto é muito benéfico para o desenvolvimento das vending machines porque assim é possível fazer uma análise de clientes e melhorar o desempenho das unidades”, revela Militelli.

Com foco em B2B, o evento deve receber mais de 6 mil visitantes, entre empresários e executivos nacionais e internacionais.

Em sua 13ª edição, a Expovending conta com o apoio de associações internacionais, como a norte-americana NAMA (National Automatic Merchandising Association), e a européia EVA (European Vending Association), que além de trazer ainda mais credibilidade, aquece o mercado brasileiro. “As vending machine, office coffee service, food service e horeca são alternativas para reforçar marca e crescimento, além de diversificar os negócios, que atraem os olhares para um mercado em expansão, como é o caso do brasileiro”, afirma Militelli.

O executivo faz questão de ressaltar que as máquinas no futuro irão aceitar todo tipo de produto, sendo necessárias apenas certas adaptações. "Tenho visto uma procura muito grande por máquinas que vendem cosméticos e produtos do mercado de moda. No exterior já existe uma que pinta as unhas das pessoas e é um grande sucesso", assegura.

Assim como no ano passado, a Expovending & OCS traz simultaneamente a Feira de Jukebox, edição da Feira Internacional das Empresas de Reprodução Automática de Áudio, Vídeo e Similiares – as famosas jukebox. O evento será organizado em parceria com a APROVA (Associação Brasileira do mercado de Jukebox) e se torna um ponto de encontro obrigatório para quem fabrica, opera, fornece componentes, produtos ou serviços ao mercado de Jukebox.

XIII EXPOVENDING & OCS

No ano passado, a XII EXPOVENDING & OCS registrou 5 mil visitantes das principais capitais brasileiras, além de outros países que puderam se interar sobre o mercado latino americano. O público foi altamente qualificado, composto por proprietários, sócios, diretores, gerentes, engenheiros, técnicos, compradores, vendedores, representantes e consultores, que estiveram presentes com o objetivo de conhecer novos produtos (equipamentos e acessórios), fornecedores, atualizar-se sobre o mercado, estreitar relacionamentos, desenvolver parcerias, participar de conferências e compras.

“Estamos orgulhosos com o resultado anual da Expovending. O público visitante está cada vez mais ávido pelas novidades desse setor. As principais empresas do segmento, não somente brasileiras, como americanas e europeias, trouxeram seus melhores produtos e novidades foram dias de muita produtividade para os negócios”, ressalta Militelli.


0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

CaféPoint AgriPoint