Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Notícias > Produção

Pela primeira vez, uma mulher é a campeã do Coffee of the Year

postado em 03/11/2017

1 comentário
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Da redação

Quem visitou a Semana Internacional do Café (SIC), que aconteceu de 25 a 27 de outubro no Expominas, em Belo Horizonte (MG), teve a oportunidade de presenciar, pela primeira vez, uma mulher ser a campeã do Coffee of the Year 2017, na categoria arábica. Sandra Lelis, da cidade de Araponga, região das Matas de Minas (MG), foi a primeira colocada. 

Foto: Bruno Lavorato/Café Editora
                                   Foto: Bruno Lavorato/Café Editora

Vinda de família de produtores, Sandra compartilha a emoção de ter conquistado o título: “ganhar o concurso representa muito para mim e para minha família, nos dá mais incentivo para continuar neste ramo.” Ela, que participa da competição desde 2015, diz que a vitória é uma grande oportunidade para a sua cidade: “o Coffee of the Year se mostrou um concurso muito sério e, com esse primeiro lugar, eu e toda a minha região teremos a chance de divulgar nosso café. Todo mundo conhecerá Araponga”. 
Na categoria conilon, o primeiro lugar também foi para a região de Matas de Minas, só que desta vez para o município de Manhuaçu. Osvaldina Alves Dutra, representada por seus filhos Walter e Ednilson Dutra, levou a melhor este ano. Para a família, que participa do concurso desde a sua primeira edição, em 2012, a premiação funciona como uma motivação: “ganhar o Coffee of the Year é um estimulo para nós continuarmos a fazer café de qualidade. Nossa região está sempre buscando o melhor”, disse Walter.
Segundo Ednilson, a divulgação que o prêmio oferece motiva os parceiros e qualifica a região: “ficar nas primeiras posições é resultado de muito trabalho e dedicação. Nós sempre acreditamos na qualidade do café de Matas de Minas”.

O Coffee of the Year avalia itens como aspecto, seca, cor, porcentagem de peneiras, tipo, teor de umidade e torra do café, buscando capacitar as regiões produtoras e gerar interesse pelos cafés especiais. Os resultados das votações foram divulgados no último dia da feira, no Grande Auditório.  

Avalie esse conteúdo: (3 estrelas)

Comentários

Jaime Mendes de Souza

OUTRA - Minas Gerais - Produção de café
postado em 05/11/2017

Manhuaçu, além de ser um dos municípios que produzem mais café no Brasil, vem levando primeiros lugares em vários concursos.  
O café das Matas de Minas desponta como região que produz os melhores cafés de qualidade do Brasil.  
Parabéns aos vencedores!

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2017 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade