ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Planejamento pós-colheita do café pode ajudar a compensar elevação dos custos de produção

POR EQUIPE CAFÉPOINT

TÉCNICAS DE PRODUÇÃO

EM 29/07/2021

1 MIN DE LEITURA

0
0

César Pirajá, engenheiro agrônomo da Satis, empresa especializada em produtos de nutrição vegetal, acompanha o comportamento dos cafeeiros e destaca que as leves chuvas nas últimas semanas atingiram precipitações em uma média de 40 milímetros, o que ajudou as plantas a resistirem melhor ao período de seca do inverno e obterem o maior pegamento da florada. “Se não fosse isso, muitos pés de café não iam aguentar até as próximas chuvas”, comenta.

“A lavoura fica debilitada, desfolha, murcha, perde vigor e segura menos a florada”, destaca o engenheiro. As estimativas de perdas feitas pelos produtores em torno de 20% a 40% na produtividade da safra, que começou a ser colhida em maio, estão mantidas. Com o pouco acúmulo de água no solo, a situação também prejudica a próxima safra, que já será menor, uma vez que houve pouco crescimento dos ramos e agora sofre com as geadas.

Para evitar prejuízos ainda maiores, a orientação para o produtor é de ficar atento ao planejamento para o pós-colheita. “Primeiramente, avaliar o seu custo de produção e ter os insumos na fazenda para entrar com as pulverizações de pós-colheita e de florada”, observa o agrônomo. César afirma que o produtor deve comprar mais cedo, em agosto ou, no máximo, setembro, e deixar os insumos guardados para fazer a primeira e segunda adubações. Ele alerta que se deixar para o fim de outubro, irá coincidir com o plantio da safra de grãos.

Para auxiliar o produtor, a Satis dispõe de algumas soluções específicas que ajudam nos cuidados que se estendem durante todo o ciclo da cultura do café. São eles: Vitan, complexo de aminoácidos que irá ajudar a planta a passar por esse estresse; Vitakelp, para ter maior pegamento da florada e aumentar a eficiência da planta no manejo da água; e o Fulland, para colaborar no fortalecimento da planta em relação à parte fitossanitária.

Mais informações: www.instagram.com/satisnocampo

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

CaféPoint AgriPoint