FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Acabou a colheita, qual o próximo passo?

POR EQUIPE CAFÉPOINT

TÉCNICAS DE PRODUÇÃO

EM 24/09/2020

2 MIN DE LEITURA

0
0

Com o fim dos trabalhos, muitos cafeicultores ficam na dúvida do que deve ser feito no pós-colheita para garantir a qualidade dos grãos. Pensando nisso, conversamos com o técnico em cafeicultura, supervisor de qualidade da empresa Agro Fonte Alta, Q-Grader e mestre de torra, Leonardo Custódio, que deixou algumas dicas. Confira:

- Assim que o café for apanhado, transporte-o o mais rápido possível para que não haja nenhuma fermentação indesejada até o momento da separação;

- Avalie se irá retirar os lotes de boias, verdes e cerejas ou se irá para o natural. A partir daí, identifique os lotes para que sua rastreabilidade não se perca. Claro, assim que o café está no momento da seca, é importante revolver de hora em hora para evitar grãos manchados e não prejudicar a qualidade da bebida;

- Após essa etapa, é muito importante coloca-los em tulhas para seu descanso. É nessa hora que a água que foi movimentada no grão na hora da secagem se estabiliza. Assim teremos bebidas mais limpas e aromas mais intensos. Outro detalhe muito importante é fazer a separação por cor, densidade e tamanho;

- Atente-se para a limpeza dos maquinários para que não haja contaminação de outros lotes;

- Tenha um profissional que possa provar e separar os lotes da nova safra, assim você evita de incluir um lote que não esteja tão bom quanto os outros.

Segundo o Manual do Café – Colheita e Preparo da Emater-MG, em relação ao armazenamento, pode ser feito tanto na propriedade quanto em armazém especializado. Na propriedade deve ser armazenado preferencialmente o café não beneficiado, por motivos de segurança e manutenção da qualidade, sendo que o café em coco tem a qualidade melhor preservada que o descascado.

Alguns cuidados são fundamentais para o armazenamento do café, como:

Localização da tulha: local arejado, batido pelo sol e próximo do terreiro, secadores e máquina de beneficiar.

Material de construção: madeira ou alvenaria. Quando o material for alvenaria, recomenda-se a colocação de estrados no piso, no caso do armazenamento em sacaria, ou a sua impermeabilização com lona plástica, em caso de armazenamento a granel. Recomenda-se também o isolamento em relação ao ambiente externo através do revestimento interno das paredes com tábuas.

Proteção dos lotes de café empilhado: usar pano de ráfia (semi-permeável).

Desinfestação: a cada nova safra, limpar e desinfestar todo o interior da tulha para prevenir o ataque de fungos e pragas. Na tulha não devem permanecer outros produtos armazenados, pois o café absorve gostos e cheiros estranhos com muita facilidade. A tulha deve ser dotada de divisões para armazenar, separadamente, os diversos lotes produzidos.

Beneficiamento

A umidade ideal para o benefício do café é de 10,5% a 11,5%. Abaixo de 10% poderá ocorrer a quebra de grãos durante o beneficiamento. Acima de 12% pode ocorrer também o branqueamento dos grãos, reduzindo o período de armazenamento, devem retornar ao terreiro ou secador antes de serem beneficiados.

A máquina de beneficiar o café deve ser regulada antes de ser usada para evitar a quebra de grãos, a saída de grãos junto com a palha ou a saída de palha junto com os grãos. É importante o café descansar nas tulhas antes do beneficiamento, após a seca para melhorar a uniformidade da secagem.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

CaféPoint AgriPoint