ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Carmem Lucia Chaves de Brito assume a presidência da BSCA

POR EQUIPE CAFÉPOINT

PRODUÇÃO

EM 12/12/2017

0
0
Foto: OCB/Tereza Sá

Da Redação

Refletindo uma tendência cada vez mais observada no mercado, que é a merecida conquista das mulheres em posição de destaque, o Conselho Diretor da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) elegeu sua nova diretoria para os próximos 12 meses e, entre dezembro deste ano e 30 de novembro de 2018, a cafeicultora e empresária rural Carmem Lucia Chaves de Brito, a “Ucha”, representante das fazendas Caxambu e Aracaçu, em Três Pontas (MG), assume a presidência da entidade, tendo como vice-presidente o também cafeicultor e empresário rural Marcelo Weyland Barbosa Vieira, da Fazenda Lagoa, com sede em Monte Belo (MG).

A diretoria executiva da Associação está a cargo de uma das principais lideranças femininas na cafeicultura brasileira, Vanusia Nogueira, para quem as mulheres estão cada vez mais envolvidas com as atividades como um todo e isso passa a ocorrer no setor cafeeiro. "O perfil feminino vem ao encontro de postos de liderança, pois somos bastante comunicativas, detalhistas e nos expomos mais. Além disso, somos mais abertas às inovações e isso é consequência da necessidade de termos de nos provar constantemente", analisa.

Nos próximos 12 meses, além da presidente e do vice, o Conselho Diretor da BSCA contará com Adolfo Henrique Vieira Ferreira, Cristiano Carvalho Ottoni, Edgard Alexandre Bressani, Guilherme Salgado Rezende, Henrique Leivas Sloper de Araújo, José Francisco Pereira e Silvio Luis Leite. Para o Conselho Fiscal, foram nomeados Antônio de Azevedo e Silva Jr., Ednilson Alves Dutra, Fabricio Teixeira Andrade, Jack Robson Silva e Marco Antônio Suplicy.

A nova gestão da BSCA pretende dar sequência ao trabalho de promoção realizado em conjunto com parceiros e associados para continuar abrindo mercados aos cafés especiais no País e no exterior, sempre destacando que o Brasil possui qualidade em grande escala e que produz cafés com diversidade de aromas e sabores devido às condições geográficas, aos investimentos realizados em pesquisa e tecnologia e à excelente gestão dos cafeicultores com foco em sustentabilidade.

0

COMENTÁRIOS SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Seu comentário será exibido, assim que aprovado, para todos os usuários que acessarem este material.

Seu comentário não será publicado e apenas os moderadores do portal poderão visualizá-lo.

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.