ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Baixos ganhos dos cafeicultores reduzem a oferta do grão no mercado

PRODUÇÃO

EM 06/10/2017

2
0
Da redação

Cafeicultores de todo mundo têm ganhado tão pouco com a produção de café que, muito provavelmente, poderão abandonar suas lavouras, colocando em risco o abastecimento futuro em um momento de demanda crescente no mercado. A afirmação é do diretor executivo da Organização Internacional do Café (OIC), José Sette, feita à agência de notícias Reuters.

Foto: Érico Hiller/ Café Editora
                                        Foto: Érico Hiller/ Café Editora

Segundo o executivo, os baixos ganhos dos envolvidos do setor têm reduzido a oferta do grão no mercado, enquanto que a demanda cresce cerca de 2% ao ano com um aumento no consumo dos mercados emergentes. "Se os agricultores não são bem remunerados e incentivados a plantar café, então, em algum momento do futuro, podemos ter dificuldades em obter a quantidade que precisamos, porque a demanda está crescendo de forma constante", disse Sette.

Para o diretor,  os produtores precisam estar convencidos de que vale a pena sua paciência, levando em conta que são necessários investimentos de longo prazo na produção do grão.

O Rabobank, um dos maiores bancos especializados em commodities do mundo, estimou no mês passado um déficit global de café em 2017/2018 de 6,1 milhões de sacas em meio ao aumento da demanda. Além disso, os sinais de estreitamento da oferta são evidentes no Brasil, que é o maior produtor de café do mundo, e onde os estoques caíram bastante. 

"Muitas vezes, especialmente nos países consumidores, há uma grande ênfase em sustentabilidade ambienta, mas não há ênfase correspondente na sustentabilidade econômica", disse o executivo da OIC.

2

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

WILHIA TINOW

EM 06/10/2017

Ufaaaa...

Pelo menos alguém está vendo que não está fácil trabalhar o ano inteiro para tenta produzir um café de qualidade e depois, na hora de vender, sentir como se o esforço não valesse nada. O grande produtor consegue estocar, mas o pequeno tem q vender para poder comprar adubo...

Se o preço não melhorar, o pequeno produtor vai migrar para outra cultura, com um retorno mais rápido....

A desvalorização do café é desanimadora...

Já que ninguém quer café ruim, o mínimo que podia ser feito era valorizar o nosso esforço. 


ELI VALERA NABANETE

MARUMBI - PARANÁ - PRODUÇÃO DE CAFÉ

EM 06/10/2017

Muito bom o artigo, expressando a dura realidade dos cafeicultores. 

Não temos a quem recorrer, pois o clima derruba os preços, o dólar derruba os preços, a Coréia derruba os preços, o Triumph derruba os preços. Quem fará aumentar?