FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Danone escolhe a área de Cursos Online da AgriPoint como parceira na capacitação de seus Especialistas da Produção de Leite

EDUCAPOINT

EM 18/06/2014

3 MIN DE LEITURA

2
0
Você já parou para pensar quanto custa a hora não trabalhada do seu colaborador? Essa difícil estimativa não deve considerar apenas o salário, mas também quantos negócios ele deixou de fechar porque estava fora do campo. Muitas empresas encontram essa e outras dificuldades, como logística e o alto custo para reunir seus colaboradores a fim de treiná-los em encontros presenciais. A solução é o treinamento online, onde o funcionário pode estudar e se reciclar no horário que melhor convier no conforto de sua casa.

Pensando nisso a AgriPoint investe desde o ano 2000 no ensino a distância voltado para o agronegócio e já capacitou mais de 25.000 alunos de todo Brasil e de mais de 20 países. Já são mais de 360 cursos ministrados por especialistas renomados em suas respectivas áreas de atuação.

A Danone, laticínio de origem francesa, preza pelo desenvolvimento dos seus colaboradores e sabe que ter uma equipe afinada é fundamental para seu negócio. “Em um mercado de constantes mudanças é fundamental contar com profissionais preparados e treinados, que possam atender as necessidades dos produtores por meio das iniciativas que a Danone oferece, voltadas sempre para a profissionalização da categoria e o desenvolvimento da bacia leiteira”, relata José Pollastri, gerente de captação e frete da Danone.

José Pollastri, gerente de captação e frete da Danone.

Pollastri escolheu a área de Cursos Online da AgriPoint para ser parceira na capacitação de seus profissionais ‘Especialistas da Produção de Leite da Danone’. O treinamento foi muito além do ensino a distância. Rodolfo Araujo, instrutor do curso Negociação Avançada, foi in loco conhecer a realidade do pessoal e pode, em algumas reuniões, debater o conteúdo ministrado pela plataforma da AgriPoint. “A interação com a turma foi excelente, falamos bastante sobre casos reais e o pessoal saiu com várias ideias para implementar”, comenta o instrutor do curso.

“A primeira experiência em capacitação online teve aceitação muito positiva pela equipe, pois além de manter o contato com o instrutor, a turma conseguiu flexibilizar seu horário de participação”, conta Pollastri. “Essa flexibilização é muito importante nos dias de hoje pois, precisamos cada vez mais otimizar o tempo”, completa.

Desde 2003, a Danone trabalha em prol do desenvolvimento da bacia leiteira por meio da promoção de iniciativas que visam acima de tudo a profissionalização da atividade, integradas no Programa de Desenvolvimento dos Produtores Danone, o DanLeite. A empresa investe em sua cadeia produtiva para garantir a sustentabilidade do negócio e manter a qualidade de seus fornecedores em um mercado cada vez mais volátil.

A Danone foi uma das primeiras empresas do mercado a pagar pelo produto de acordo com a qualidade do leite. Enquanto a instrução normativa 62 prevê para 2016 uma contagem de bactérias de 100 mil/ml e de células somáticas de 400 mil/ml, a empresa francesa trabalha com números abaixo desses valores há muito tempo. “Por isso reconhecemos a iniciativa e buscamos qualificar cada vez mais os nossos funcionários”, diz o gerente de captação.

Pollastri cita como exemplo o programa DanLeite Gold. Pioneiro do setor lácteo nacional é uma iniciativa que exige preparação e qualificação dos colaboradores. Trata-se de uma ferramenta que inova ao estabelecer relação entre produtor e indústria. Uma parceria clara entre os dois lados, com garantia de margem de lucro de acordo com indicadores de eficiência e visão de longo prazo do negócio. Por meio do programa, os produtores têm uma margem mínima garantida no horizonte de longo prazo baseada em indicadores de performance, minimizando os riscos relativos às oscilações do mercado.

Numa escala hierárquica, o DanLeite Gold está no topo da pirâmide das ferramentas do DanLeite. O produtor do DanLeite Gold deve possuir características como: capacidade técnica e gerencial comprovada, capacidade de crescimento (área/instalações/equipamentos), capacidade de cumprimento de prazos/planejamento e custos equilibrados e evolução da produtividade. “Diante disso, o programa exige dos nossos colaboradores um grande conhecimento técnico e o treinamento é um aliado no processo de relacionamento entre produtor e indústria”, enfatiza Pollastri.

Assim como a Danone, outras empresas já entenderam que investir em capacitação online traz muitas vantagens e não perde em nada para o treinamento presencial, pelo contrário. São várias as opções de treinamentos corporativos, podendo ter conteúdo técnicos, gerenciais ou mesmo, conteúdo próprio, em que a empresa utiliza a plataforma para balizar o conhecimento de sua equipe com informações internas. Além disso, os coordenadores conseguem acompanhar o rendimento dos participantes e monitorar quem realmente está acessando o material. É, sem dúvidas, uma boa ferramenta de gestão.

Caso você queira também capacitar sua equipe, entre em contato com a AgriPoint por meio do email cursos@agripoint.com.br ou telefone (19) 3432 2199.

2

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

JOÃO MARCOS GUIMARÃES

CARRANCAS - MINAS GERAIS

EM 18/06/2014

Excelente ideia; a qualidade deveria ser prioridade em todas as empresas.Infelizmente, muitas optam pelo volume. É o capitalismo selvagem deixando de lado o consumidor.
GUSTAVO ESTEVES

POÇOS DE CALDAS - MINAS GERAIS - INDÚSTRIA DE LATICÍNIOS

EM 18/06/2014

Parabéns pela iniciativa Danone