Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Safra de café do Brasil 14/15 ficará abaixo da expectativa, diz Volcafe

postado em 07/01/2014

15 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A safra 2014/15 de café do Brasil deve cair bem abaixo das expectativas, como resultado de uma intensa poda e de um estresse das árvores depois de duas grandes colheitas consecutivas no maior produtor global, afirmou nesta segunda-feira a Volcafe, divisão de café da trading ED&F Man.

A trading reduziu sua previsão de produção para 51 milhões de sacas de 60 kg, ante 60 milhões de sacas previstas em novembro. A previsão de safra se compara ao volume de 57,2 milhões de sacas da temporada anterior e das 56,8 milhões em 2012/13.

A Volcafe afirmou que os agricultores realizaram severas podas para eliminar os custos de colheita neste ano e para estimular a safra na próxima temporada. Indicativos de preços mais baixos para o café estão entre os fatores que motivaram a intensificação da poda pelos cafeicultores.

Os preços do café arábica caíram cerca de 20 por cento em 2013, pressionados pelos amplos suprimentos globais. A trading prevê para 2014/15 um déficit global no mercado de café de cerca de 5 milhões de sacas, ante um excedente de 6 milhões de sacas no ano anterior.

As informações são da Reuters, adaptadas pelo CafePoint.

Avalie esse conteúdo: (4 estrelas)

Comentários

eli valera nabanete

Marumbi - Paraná - Produção de café
postado em 08/01/2014

Ate que enfim uma noticia coerente e mesmo assim tem que partir de fora,porque se depender desse governo...

Paulo Cesar Toledo Campos

Franca - São Paulo - Produção de café
postado em 08/01/2014

Será que agora para de cair???

Carlos Alberto de Carvalho Costa

Muqui - Espírito Santo - Produção de café
postado em 08/01/2014

Ainda irá cair mais, pois a previsão que eles fizeram do conilon de 16 milhões de sacas não sei aonde eles irão encontrar tanto café.

Marden Cicarelli

Monte Carmelo - Minas Gerais - Produção de café
postado em 08/01/2014

Prezados,

Há algum tempo atrás eu comentei aqui em uma notícia "baixista" apontando uma reportagem, do próprio CafePoint, do mesmo dia, com viés altista.

Agora, não é diferente. Leiam a matéria "Preço do café ainda sob pressão em 2014".

Tudo como da vez anterior. É quase impossível tomar decisões alicerçadas nesse tipo de notícia. A falta de números e estatísticas confiáveis nos faz totalmente reféns de especulações. Como produtores, não deveríamos ser meros joguetes nas mãos dos "bulls" e dos "bears".

Por medidas sérias e estruturantes, já. Por números confiáveis!

Nem os números da CONAB são aceitos pelo governo (vejam o preço mínimo). Já temos variáveis demais no clima, que não podemos controlar nem prever. Mas números confiáveis são fundamentais para reduzirmos nossos riscos. Precisamos ter um mínimo de informação para tomarmos decisões.

Edimar Gonçalves Carvalho

Guaçuí - Espírito Santo - Insumos para indústria, distribuição e varejo
postado em 08/01/2014

Produtor de café precisa exercitar a paciência, os boatos são sempre maiores que os fatos. Na verdade os preços não deveriam ter subido acima dos R$500,00 /sc cafés duros para melhores, e não deveriam ter baixado abaixo dos R$ 200,00 cafés rio zona, os extremos são sempre perigosos e não interessa a ninguém, os sábios sempre evitam os extremos, sempre...

Romário da Silva Luiz

Brasilândia D'Oeste - Rondônia - Consultoria/extensão rural
postado em 08/01/2014

depois de alguns meses em baixa o café conilon de rondonia volta a subir, almentando as expectativas do produtores devido previsão de grande colheita para safra 2014...

Amarildo J Sartóri

Vargem Alta - Espírito Santo - Consultoria Ambiental/produtor de café
postado em 08/01/2014

Olá Volcafe. Penso que vocês em breve terão que revisar suas estimativas. "Gravem bem o que vou dizer". Com a situação que observamos hoje nas lavouras brasileiras, sem considerar o que ainda pode vim pela frente, o fechamento da safra 2014/2015 ficará muito próximo de 47 milhões ou abaixo. Duvidam???? Aguardem...

Marco Tempesta

Varginha - Minas Gerais - Produção de café
postado em 08/01/2014

Prezado Eli,

Concordo com você , como as previsões Brasileiras vem sendo superestimadas, ninguém admite o erro destas previsões, só posso pensar é que eles tem interesse na desinformação do cafeicultor. Agradeço a CAFÉPOINT pela informação transparente e correta e a TVMAROS a voz do café por nos auxiliar neste momento.

eli valera nabanete

Marumbi - Paraná - Produção de café
postado em 09/01/2014

A  proposito Marco, veja so as noticias de ontem e hoje sobre previsões da próxima safra. ninguém se entende.Cada um fala um numero e com grande disparidade.Realmente ninguém pode mesmo confiar nesse governo sobre esse assunto.

Paulo Eduardo Stempniewski

Guaxupé - Minas Gerais - Cafeicultor
postado em 09/01/2014

Infelizmente o que vemos, é um jogo de informações que visam apenas nos deixar de mãos atadas nas tomadas de decisões. Como jornal vive de notícia negativa, a previsão de colheita acima do esperado só beneficia os especuladores, e nós, que sentimos o sol na pele,  ficamos sem saber para onde ir. Vamos tentar influir em nossas cooperativas para que elas façam divulgação de previsões coerentes porque, no dia a dia no campo, os agrônomos a elas ligados tem noção bem mais exata da produção.

Amarildo J Sartóri

Vargem Alta - Espírito Santo - Consultoria Ambiental/produtor de café
postado em 10/01/2014

Amigos produtores Marco Tempesta e Eli Valera Nabanete. Não existe mágica e a matemática é exata. Bastam vocês calcularem o que deixarão de produzir em suas lavouras na próxima safra em ralação a anterior, considerando os os principais fatores como tratos culturais, podas, abandono de talhões, substituição de lavouras para implantação de outras culturas e adversidades climáticas ocorridas até a presente data, multiplicar por 1,96 milhões de hectares cultivados no Brasil e teremos uma estimativa bem precisa do que será a próxima safra. É em cima desses números que deveremos tomar nossas decisões. Os especuladores poderão até manipular os preços no mercado, mas a produção não.
Um Abraço!

eli valera nabanete

Marumbi - Paraná - Produção de café
postado em 10/01/2014

Perfeita sua colocação Amarildo. Há de chegar a hora  de enquadrarmos esse pessoal.
Penso que não demora.
abraço

Frank Scanavachi

Guapé - Minas Gerais - Produção de café
postado em 10/01/2014

concordo plenamente com o senhor Amarildo j sartóri.  Este ano as lavouras estão no mesmo padrão em quase todas as regiões e tambem dentro de cada propriedade. Em quase todas fazendas ou sítios que vejo há muita variaçao de talhoes dentro de uma única  propriedade. Partes esqueletadas, decepadas e recepadas. Talhoes abandonados ou mal
cuidados, e alguns erradicados. Talhões com boa produçao porem alguns bonitos ,mas com pouca carga. Não falo em números para a próxima safra, mas desde novembro tenho total convicçao de uma inversão da bianualidade da safra 2014. O mercado ainda não acredita nisso, mas em pouco tempo cairá na realidade 2014. Poderemos ver café voltar a casa dos R$400,00 muito em breve!!!

Jonas Torres

Alfenas - Minas Gerais - Produção de café
postado em 15/01/2014

Sem contar o tanto que está chovendo em janeiro! O enchimento de grãos será uma beleza! Mas, o que podemos fazer? Nossos representantes só sabem pedir o que lhes interessam...do Brasil só sai informação que vai ter muito café. É isto que vejo nossas cooperativas divulgarem todo dia... não vi uma falando da falta de chuva que em muitos lugares ja teve um dezembro bem abaixo da média e um janeiro até agora quase zerado.A realidade que nós vivemos fica por nossa conta.

Jonas Torres

Alfenas - Minas Gerais - Produção de café
postado em 15/01/2014

Precipitação     Janeiro 2012     Janeiro 2013     Janeiro 2014
Acumulado até 14/01/13 fonte estações meteorológicas da cooxupé
Alfenas     268,0     346.8     4.6
Cabo Verde     255,0     507.8     44.0
Caconde     *     459.0     18.8
Campestre     *     505.2     31.0
Campos Gerais     *     493.0     11.8
Carmo do Rio Claro     400,4     313.2     0.2
Coromandel     560,8     526.6     35.4
Guaxupé     316,8     309.2     1.6
Monte Carmelo     302,6     389.4     5.8
Monte Santo de Minas     345,8     431.8     40.8
Nova Resende     392,0     373.8     23.4
Rio Paranaíba     392,6     397.6     24.6
São José do Rio Pardo     282,4     662.8     33.4
Serra do Salitre     *     464.0     19.0

Sem contar as ja irregulares chuvas de dezembro como em guaxupé, alfenas, cabo verde e outras cidades onde a chuva total em dezembro oscilou de 100 a 130mm para uma média histórica acima de 300mm....mas fazer o que? Até nossas cooperativas dizem que está tudo bem.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário

Copyright © 2000 - 2014 AgriPoint Consultoria Ltda. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade