carregando...
Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Notícias > Mercado

Cafés especiais representam 14,6% das exportações do produto

Por Equipe CaféPoint (CaféPoint)
postado em 19/07/2017

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Por Camila Cechinel 

As vendas de cafés especiais, produzidos com grãos de qualidade superior e que passaram por uma forma de processamento diferenciada, com certificação de sustentabilidade, representaram 14,6% das exportações brasileiras totais do produto no primeiro semestre, de acordo com o mais recente relatório do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé). 

Foto: Lucas Albin/Agência Ophelia
                                   Foto: Lucas Albin/Agência Ophelia

Segundo a instituição, as chuvas ocorridas no ano passado refletiram na oferta dos diferenciados, mas mesmo assim o volume atual é superior ao ciclo 2012/2013. Em 2015 o Brasil teve exportação record do segmento, com 9 milhões de sacas de 60 kg saindo do país. 

De janeiro a junho foram embarcadas 2.175.180 sacas de cafés especiais. No período, a receita alcançou US$ 447,6 milhões, 17,3% do total do faturamento do setor. Os principais destinos da categoria foram Estados Unidos (397.742 sacas), Alemanha (317.377) Bélgica (297.197 sacas), Itália (211.084 sacas) e Japão (209.220 sacas).
De acordo com o presidente do Cecafé, Nelson Carvalhaes, a expectativa é de que haja, no futuro, um aumento na produção e na exportação dos cafés de qualidade, porque além de ser um mercado em crescente expansão, traz maior renda aos cafeicultores. 

"Nos próximos 10 anos veremos um incremento muito forte no mercado asiático. Primeiro, precisa-se desenvolver a cultura de beber café, que alguns países não têm, mas isso já está acontecendo", disse ele. Para Carvalhaes, o Brasil "tem eficiência e capacidade para atender a esse mercado", considerado como mais exigente. 

 

Direitos reservados

Este artigo é de uso exclusivo do CaféPoint, não sendo permitida sua cópia e/ou réplica sem prévia autorização do portal e do(s) autor(es) do artigo.

Saiba mais sobre o autor desse conteúdo

Equipe CaféPoint    São Paulo - São Paulo

Mídia especializada/imprensa

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2017 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade