ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Café do Ponto anuncia novo portfólio para o mercado de cafés especiais

POR EQUIPE CAFÉPOINT

MERCADO

EM 20/06/2017

2
0
Por Camila Cechinel

A fim de se posicionar como marca premium acessível, a Café do Ponto está se relançando por meio do lançamento de três blends superiores: Aralto, Safra Especial e Exportação, todos com o selo de pureza e qualidade da Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic). O novo portfólio foi apresentado durante evento aberto para a imprensa na manhã desta terça-feira (20) na A Casa - Museu do Objeto Brasileiro, em São Paulo.

Foto: Camila Cechinel/Café Editora
                                 Foto: Camila Cechinel/Café Editora 

O Brasil é segundo maior mercado consumidor de café do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos, e o primeiro em produção. Por conta disso, de acordo com o diretor de marketing da Jacobs Douwe Egberts (JDE) no país, companhia global dedicada ao mercado de cafés e chás e detentora da Café do Ponto, Ricardo Souza, "temos a obrigação de trazer produtos de maior valor agregado para que a indústria e o próprio consumidor valorize mais o café".

Com cerca de duas mil marcas de café no país, o maior segmento ainda é o torrado & moído, cujas vendas em volumes representam 95% e, em valor, 76%, conforme dados da Nielsen. Classificados em baixo preço, "mainstream" e premium, a categoria referente aos cafés gourmets, com custo superior a R$ 12,00 a embalagem de 500 gramas, teve um crescimento de 31,1% em valor entre 2015 e 2016. E foi justamente o aumento dessa demanda que fez com a JDE apostasse na ampliação dos itens da categoria. 

"A marca Café do Ponto é líder na seção premium. Temos 20% de participação nesse segmento, que cresce 30% ao ano", explicou Souza. O relançamento da marca envolve, além da adesão de novos blends no mercado, feitos com grãos arábica e conilon, uma mudança conceitual demonstrada no visual das embalagens de café, inclusive da linha básica tradicional e extra forte.  

Para o diretor executivo da Abic, Nathan Herszkowicz, a cerimônia registra uma nova fase do consumo de café no Brasil, com a JDE olhando para "dentro de si próprio e para dentro do consumidor, oferecendo produtos para continuar crescendo e estabelecendo como meta elevar o consumo de cafés premium". 

No ano passado, a instituição, que também é dona das marcas de café torrado & moído Pilão, Caboclo, Seleto, Damasco e Pelé, teve uma receita de € 500 milhões no Brasil, 10% de seu faturamento global de € 5 bilhões. 

Confira abaixo, as novidades da marca:

Todos os cafés da Café do Ponto são embalados a vácuo, melhor sistema de conservação do aroma do café, e contêm o selo de qualidade superior da Abic, além das informações do produto no rótulo. Os pacotes de 250 gramas estão com preço sugerido em R$7,90 e devem chegar ao mercado no final deste mês. Veja os lançamentos:

Café Aralto:
cultivado em regiões de altas atitudes, acima de 1000 metros; 
Safra Especial: traz o melhor da safra de cada ano do Brasil;
Exportação: seleção cuidadosa de grãos padrão, destinado ao perfil europeu, com sabor redondo e marcante; 

Além desses, duas linhas consideradas premium já estavam à venda nas cafeterias do país, porém só agora poderão ser comercializadas no varejo e entram nos blends dos especiais:

Aromatizados: com aromas envolventes de Amêndoas Torradas e Chocolate Trufado;
Espresso: padrão gourmet, voltado aos consumidores que têm máquinas de moer grãos em casa.  

ARTIGO EXCLUSIVO | Este artigo é de uso exclusivo do CaféPoint, não sendo permitida sua cópia e/ou réplica sem prévia autorização do portal e do(s) autor(es) do artigo.

2

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

NELSON BRUNI

SERRA NEGRA - SÃO PAULO - PRODUÇÃO DE CAFÉ

EM 26/06/2017

Em nosso comentário anterior, citamos o Brasil como o maior consumidor de café em relação a países que adquirem o café brasileiro.

Normalmente a indústria e comércio oferecem atendimento especial aos melhores ou maiores clientes, principalmente com produtos de qualidade e preços. Entendemos que o Café do Ponto visa atingir esses objetivos.
NELSON BRUNI

SERRA NEGRA - SÃO PAULO - PRODUÇÃO DE CAFÉ

EM 24/06/2017

Já algum tempo enviamos um parecer sobre o Brasil consumidor de café, que deveria ser tratado como cliente preferencial, uma vez que além de ser o segundo maior consumidor mundial é o maior consumidor comparado a outro país isoladamente. Parabéns ao diretor de marketing pela decisão em propiciar aos apreciadores de um bom

café produtos compatíveis com suas expectativas.