ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Colômbia deve manter sua participação global como país produtor

INTERNACIONAL

EM 06/12/2017

0
0
Da redação

A Colômbia deve manter sua participação na produção mundial de café, para qual requer aumentar a produtividade para níveis de 21 sacas de café por hectare, de acordo com o diretor geral da Federação Nacional de Produtores de Café (FNC), Roberto Vélez, no 85º Congresso Nacional de Produtores de Café.

Foto: Lucas Albin/Agência Ophelia
                                     Foto: Lucas Albin/Agência Ophelia

De acordo com ele, o objetivo é alcançável, uma vez que existem departamentos como Caldas, Antioquia e Huila, onde a produtividade já está nesses níveis, o que exigirá elevá-la em outros com menor produtividade. Em média, no país, são produzidas 18,7 sacas por hectare até à data.

"Os cafeicultores da Colômbia querem manter sua participação na produção mundial e nas exportações de café. (...) Veria com tristeza que em 10 ou 15 anos alguém diga que perdemos 12% e somos 8% ou 5% da indústria mundial do café ", disse Vélez.

O diretor lembrou, ainda, que o consumo mundial de grãos cresce para níveis de 2 milhões de sacas por ano. "Se você quer ser 12% desse bolo novo, você deve produzir entre 2,5 ou 3 milhões de sacas a mais, o que significaria passar de 14 para quase 17 milhões de sacas (por ano) até 2030", observou.

"Devemos fazer um esforço no resto do país para chegar a 21 sacas por hectare. Com mais três sacas, em média, temos 2,7 milhões de sacas a mais sem mexer na área de produção de café, simplesmente aumentando a produtividade. (...) O desafio é levar toda a produção colombiana de café aos níveis dos primeiros departamentos produtores”, observou.

Nessa mesma linha, o gerente apresentou brevemente alguns dos principais avanços na colheita assistida para aumentar a produtividade, que no caso das malhas, deixando cair os grãos no solo, aumentam entre 80 e 100% os volumes de colheita.

Vélez recordou o grande eco que, com eventos como o Primeiro Fórum Mundial de Produtores de Café, teve a voz de liderança da Colômbia para que todos os atores da cadeia sejam mais corresponsáveis em melhorar a renda do elo mais fraco, os produtores: "hoje é a Colômbia que tem os olhares das 25 milhões de famílias ao redor do mundo dizendo: ‘o que fazemos, para onde vamos, qual é o caminho, com quem negociamos?, encontramos respostas’, e nós fizemos isso como país.”

Em questões ambientais, o gerente revelou que a indústria cafeeira colombiana absorve muito mais dióxido de carbono (4 milhões de toneladas) do que emite (700 mil toneladas), o que produz um saldo positivo de 3,3 milhões de toneladas.

Avanços na segurança social, educação, desenvolvimento de infraestrutura, agregação de valor à produção de café (com registros de vendas da Buencafé e visitas à cadeia de lojas Juan Valdez), comunicação aos cafeicultores (com novos modelos como "Conversemos com o Gerente , que lhe permitiram ter encontros presenciais com mais de 8 mil cafeicultores) e o crescimento das exportações de pequenas quantidades também foi apresentado pelo Gerente.
Especialista brasileiro prevê estações frias

Durante sua apresentação aos delegados ao Congresso, o professor brasileiro Luiz Carlos Baldicero, da Universidade Federal de Alagoas, destacou a grande influência de fenômenos como El Niño e La Niña no clima e, consequentemente, na cafeicultura.

E explicando que o Sol entrará em um período de menos atividade, pode-se prever para o futuro mais períodos frios que quentes. "Com a variabilidade climática, temos que planejar melhor", advertiu.

Baldicero convidou para cuidar dos recursos naturais e do meio-ambiente e felicitou os cafeicultores colombianos pelas medidas que estão adotando no assunto.

As informações são da FNC/ Juliana Santin

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.