FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Segunda semana de julho inicia sem grandes variações no mercado futuro do arábica

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 07/07/2020

1 MIN DE LEITURA

0
0

A manhã desta terça-feira (7) inicia sem grandes variações para o mercado futuro do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Future US). No início do pregão, os principais contratos registravam altas técnicas após encerrar com baixas expressivas e motivadas pelo clima na última sessão.

Por volta das 8h54 (horário de Brasília), setembro/2020 tinha alta de 25 pontos, valendo 98,40 cents/lbp; dezembro/2020 apresentou 20 pontos a mais, negociado por 101,10 cents/lbp; março/2021 subia 30 pontos, valendo 103,40 cents/lbp; e maio/2021 tinha valorização de 5 pontos, valendo 104,40 cents/lbp.

Os contratos voltaram a cair neste início de semana após as previsões meteorológicas indicarem tempo estável no Sul de Minas e minimizarem as chances de geadas em todo o estado nos próximos dias.

"Um fator de baixa para o café é a previsão de chuvas abaixo do normal nas regiões cafeeiras do Brasil que podem acelerar o ritmo da colheita de café no Brasil. A Somar Meteorologia afirmou na segunda-feira que as chuvas em Mina Gerais foram de 1,2 mm na semana passada ou apenas 28% da média histórica", destacou o site internacional Barchart em sua análise diária.

Com as últimas baixas, o mercado voltou a operar com preços abaixo de um dólar. Segundo o analista Gil Barabach, da Safras e Mercados, os valores devem permanecer assim como consequência da pressão que a safra brasileira gera em Nova York.

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve quebra de 4,70% em Guaxupé (MG), sendo negociado por R$ 507. Poços de Caldas (MG) teve queda de 2,88%, valendo R$ 505. Patrocínio (MG) registrou desvalorização de 3,81%, negociado por R$ 505. Varginha (MG) teve queda de 2,78%, negociado por R$ 525. Em Franca (SP) a baixa foi ainda mais expressiva, de 9,26% e preços estabelecidos por R$ 490.

O tipo cereja descascado teve queda de 4,67% em Guaxupé (MG), valendo R$ 572. Em Poços de Caldas (MG) a desvalorização foi de 1,64%, negociado por R$ 600. Patrocínio (MG) teve baixa de 3,48%, negociado por R$ 555. Varginha (MG) registrou queda de 2,48%, valendo R$ 590.

As informações são do Notícias Agrícolas.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

CaféPoint AgriPoint