FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Produtores mineiros recebem apoio de especialistas durante pandemia

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 25/05/2020

2 MIN DE LEITURA

0
0

Minas Gerais conta com uma produção de café em quase 500 municípios e emprega, direta e indiretamente, mais de 2 milhões de pessoas. Para 2020, a safra tende a ser histórica, ultrapassando 30 milhões de sacas. Diante disso, medidas para evitar a disseminação do vírus e proteger os trabalhadores já foram tomadas.

Dentre as ações, foram produzidos dois informativos pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) – um sobre as deliberações relativas ao trânsito interestadual de trabalhadores no período de quarentena e o outro com recomendações a respeito da colheita de café – e elaborada uma cartilha pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), também com orientações ao produtor desde o momento da contratação da mão de obra até as ações de prevenção no dia a dia da colheita.

No campo, o apoio tem feito a diferença. Thiana Luvizotto, produtora do município de Imbé de Minas, no Vale do Rio Doce, explica que a parceria com as famílias que realizam a colheita na sua propriedade tem evitado aglomerações, permitindo que o trabalho aconteça sem empecilhos.

“Desde 2017, quando conhecemos a Emater, percebemos que precisávamos não apenas aumentar a produção, mas também a qualidade do nosso produto. Começou aí todo o processo de reestruturação do modelo de gestão e isso trouxe um novo horizonte para o nosso trabalho. Hoje, a cafeicultura é, para nós, sinônimo de vida”, relata.

Em parceria com a Seapa, a Emater-MG, Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) e o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) realizaram o mapeamento de todo o parque cafeeiro do estado.

“Essa ação nos fornece informações estratégicas para conhecermos nossa real área plantada, tomarmos decisões e inibirmos especulações de mercado sobre safras. É um trabalho constante de monitoramento e atualização”, explica o coordenador técnico de Cafeicultura da Emater-MG, Bernardino Cangussú.

Para José Maria de Oliveira, cafeicultor do município de Campos Altos, no Alto Paranaíba, a ponte para comercialização com outros países já está consolidada e deve trazer cada vez mais resultados para Minas. O Estado almeja o mercado asiático.

“Já vendemos para os Estados Unidos, Alemanha e Argentina, sendo que a expectativa é ampliar ainda mais nosso alcance. Nosso produto está acima dos 80 pontos na escala internacional, o que nos confere um status especial. Mas o estado, de forma geral, tem um potencial enorme e um futuro promissor”, afirma Oliveira.

Se a posição ocupada pelo Brasil já é favorável entre os grandes exportadores de café, a expectativa é que no futuro, com a abertura de novos mercados, as possibilidades se tornem ainda maiores. A análise é do assessor técnico especial para o Café da Seapa, Niwton Castro Moraes.

Ele explica que, na escala internacional que uniformizou o entendimento sobre a qualidade dos cafés, com notas de 0 a 10, o Brasil tem obtido classificações superiores a 8. A avaliação positiva tem agregado valor ao grão brasileiro.

“É um caminho que aponta para uma demanda cada vez maior por cafés de alta qualidade. Hoje, o segmento já cresce cerca de 15% ao ano no mundo, enquanto para o café tradicional commodity o crescimento é de 2%. O Brasil já exporta para 137 países, mas sabemos que há uma nova fronteira de consumo na Ásia, principalmente na China e Índia, que concentram um terço de toda população mundial”, conclui.

As informações são da Secretaria de Agricultura de Minas Gerais.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.