FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Julho encerra positivo para cotação do café brasileiro

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 31/07/2020

1 MIN DE LEITURA

0
0

Em analise semanal, o Conselho Nacional do Café (CNC) explica que os contratos futuros do café arábica seguiram os ganhos no mercado internacional em uma movimentação técnica, com o rompimento, de forma sucessiva, de importantes resistências, como US$ 1,00, US$ 1,05, US$ 1,10 e, na quinta-feira (30), US$ 1,15 por libra-peso.

A maioria dos analistas informa que o avanço foi puxado pela fraqueza do dólar. Outros também citam, em menor proporção, que o registro de seca nos cafezais teria fornecido suporte. Na Bolsa de Nova York, o vencimento setembro/2020 encerrou a sessão de ontem (30) a US$ 1,1535 por libra-peso, acumulando alta de 695 pontos. Já na ICE Europe, o vencimento set/2020 caiu US$ 18, negociado a US$ 1.340 por tonelada.

O dólar comercial deve encerrar o mês de julho com desvalorização de aproximadamente 5% na comparação com o real, nível que, caso confirmado, representaria a maior queda mensal deste ano. Desde o começo de 2020, contudo, a moeda acumula evolução em torno de 30%. Ontem, a divisa fechou a sessão a R$ 5,1591, com baixa de 0,9% frente à sexta-feira anterior.

Em relação ao clima, a Somar Meteorologia informa que está dentro dos padrões para a época, mantendo-se frio e seco, e apresentando alguns períodos de elevação de temperaturas. Segundo o serviço, não há possibilidade de frio extremo ou chuvas em excesso nos próximos dias, o que deve favorecer o andamento da colheita no Brasil.

No fim de semana, pode ocorrer precipitações apenas entre o Espírito Santo e o nordeste de Minas Gerais. Nas demais áreas da região sudeste, as temperaturas voltam a aumentar de forma gradual, mas ainda são esperadas manhãs frias nas áreas com altitudes mais elevadas.

No mercado físico, compradores mais ativos e vendedores estimulados pela alta do preço no spot fizeram com que aumentasse a liquidez. Os indicadores calculados pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) para as variedades arábica e canéfora tiveram incremento de 6,8% e 1,4%, respectivamente, cotados a R$ 541,57/saca e a R$ 365,34/saca.

As informações são do CNC.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

CaféPoint AgriPoint