FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

IBGE ajusta em 1% estimativa de produção de café

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 12/04/2019

1
0

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) estimou ontem (11) que o Brasil deve produzir 53,9 milhões de sacas de 60 kg de café em 2019, ajustando em cerca de 1% a sua estimativa divulgada em março, citando uma maior colheita do arábica.

A produção total do maior produtor e exportador de café neste ano, período de baixa no ciclo bianual do arábica, cairá 10% na comparação com 2018, quando o Brasil teve uma colheita recorde acima de 60 milhões de sacas.

"Apesar da queda, essa é uma boa produção para ano de bienalidade negativa para o café arábica", comentou o IBGE em nota. Já a Conab estimou em janeiro a produção de café do Brasil em recorde para anos de bienalidade negativa, com um volume entre 50,48 milhões e 54,48 milhões de sacas.

Com relação ao café arábica, a produção foi estimada pelo IBGE em 38,7 milhões de sacas de 60 kg, aumento de 1,3% em relação ao mês anterior. Quando comparado com 2018, a produção do café arábica deverá cair 13,8%, em decorrência da redução de 15,4% na produtividade média.

A safra de café robusta (conilon) foi estimada em 15,2 milhões de sacas. Quando comparado com 2018, a produção será de 1,6% maior. Com a produção do Espírito Santo prevista em 10,1 milhões de sacas de 60 kg, o estado é responsável por 66,4% da produção nacional dessa variedade.

As informações são da Agência Reuters.

1

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

CARLOS RODRIGUES

EM 15/04/2019

Ainda mais!!! querem quebrar os produtores??