ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Grãos de café chochos e apodrecidos geram preocupação no Sul de Minas

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 16/04/2021

2 MIN DE LEITURA

0
0

Por Gabriela Kaneto

Em entrevista ao Notícias Agrícolas, o produtor de café Guy Carvalho destacou que a colheita cafeeira no Brasil ainda reserva dúvidas devido aos efeitos climáticos presenciados nas lavouras do grão durante a safra.

“Nós tivemos um atraso da florada, que aconteceu já com uma temperatura bem elevada. Depois, em janeiro, tivemos um problema com veranico. Fevereiro não foi tão ruim, mas choveu abaixo da média. Agora em março tivemos um mês muito ruim de chuvas, principalmente no Sul de Minas, São Paulo e Cerrado”, explicou.

Ele, que também atua como consultor no Sul de Minas e em São Paulo, disse que há cafeicultores relatando problemas na formação do grão, como coração negro e chochamento. “É uma preocupação do produtor, porque o pessoal sabe que essa época, final da granação e o início da maturação, é muito importante para a qualidade do grão. E, este ano, como estamos com as chuvas abaixo da média, gera uma preocupação”, comentou.

De acordo com Guy, alguns produtores que fizeram levantamentos e amostragens dos grãos identificaram que essas ocorrências variam de talhão para talhão. Ele também comentou que, em parceria com Eder Santos, da Cooxupé, está analisando as possíveis causas para estes problemas.

“Eu fui atrás do Eder Santos, da Cooxupé, que é um grande especialista na questão do clima, e ele está preparando um material sobre o que aconteceu em março, que em breve será disponibilizado com os números reais: se faltou água, onde faltou, a temperatura. Com os números em mãos, vamos levar para o professor José Donizete Alves, da Ufla, para tentar entender melhor o que o cafeeiro passou durante os três primeiros meses desse ano”, revelou.

Sobre os cafés chochados, o consultor comenta que há relatos de frutos com as duas lojas vazias: “normalmente o café tem as duas lojas, onde em cada uma há um grão dentro, e há muitos produtores reclamando que uma ou as duas estão vazias. Produtores colocando esses grãos em água e alguns subindo. No final, esses grãos saem junto com a palha, não é consumido”.


Grãos chochos

Já em relação ao coração negro, Guy explicou que o grão que apresenta este problema tem uma perda inteira, fazendo com que o produtor gaste mais café para completar uma saca. “Este coração negro é interessante porque ele acontece na planta no lugar mais sombreado. Olhando bem, dá para ver que é um grão com tom de verde mais pálido, menos intenso. Quando cortamos, conferimos a lesão, onde perdeu os dois frutos das duas lojas”, afirma.


Grãos com coração negro

Assista abaixo a entrevista completa com Guy Carvalho:

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

CaféPoint AgriPoint