FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Exportação mundial de café arábica atinge 45 milhões de sacas

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 19/06/2020

3 MIN DE LEITURA

1
0

O volume físico das exportações globais de café atinge 72,78 milhões de sacas de 60 kg no acumulado no período de outubro de 2019 a abril de 2020, totalizando um volume físico equivalente a 72,78 milhões de sacas, o que representa uma queda de 3,8% em relação às vendas ao exterior no mesmo período anterior. Nesse mesmo comparativo de sete meses, as exportações dos cafés da espécie arábica somaram 45,26 milhões de sacas, total que corresponde a uma queda de 7,7%, e as de canéfora (robusta), que tiveram um incremento de 3,3%, totalizaram 27,52 milhões de sacas de 60kg.

No contexto global das exportações de café, no acumulado dos mesmos sete meses, verifica-se que as exportações da África, como um todo, somaram 7,66 milhões de sacas, volume que aponta um crescimento de 7% se comparado com o mesmo período do ano passado. Especificando esta análise para os países exportadores africanos, a Etiópia vendeu ao exterior 2,04 milhões de sacas, o que representou um acréscimo de 19,2%. Em relação à Uganda, no período comparativo em análise, as exportações aumentaram 19,6%, ao atingir volume físico correspondente a 2,93 milhões de sacas de 60 kg. E, por fim, as exportações de café da Costa do Marfim diminuíram 3,8%, ao totalizar 953 mil sacas no período.

As exportações da Ásia & Oceania aumentaram 0,6% e atingiram um volume físico correspondente a 23,62 milhões de sacas de 60 kg nos sete primeiros meses em destaque, com base no ano-cafeeiro da Organização Internacional do Café (OIC), que compreende o período de outubro a setembro.

Assim, em relação às exportações da Ásia & Oceania, especificamente do Vietnã, segundo país maior produtor e exportador de café do planeta, nos sete primeiros meses do ano cafeeiro de 2019/2020, estão estimadas em 16,4 milhões de sacas, volume que representará um ligeiro decréscimo de 1,1% em relação ao mesmo período anterior. Com relação à Indonésia, no mesmo período, suas exportações tiveram um aumento expressivo de 43,5% e totalizaram 3,63 milhões de sacas. Por fim, nesta importante região produtora e exportadora de café, destaca-se a Índia que, nos citados sete meses, exportou 2,91 milhões de sacas, volume que representou uma redução em torno de 18% na comparação com o mesmo período anterior.

O relatório destaca, ainda, que a América Central & México teve queda de aproximadamente 4,9% nas suas exportações na comparação com o mesmo período anterior, pois o volume vendido ao exterior totalizou 8,77 milhões de sacas. Neste caso, as exportações de Honduras somaram 3,5 milhões de sacas, o que equivale a uma queda de 6,7%; as da Guatemala diminuíram 3,1% e totalizaram 1,66 milhão de sacas; e a Nicarágua registrou acréscimo de 16,7% nas vendas ao exterior, com 1,56 milhão de sacas de sacas exportadas no período em foco.

Já as exportações da América do Sul nesse mesmo período estudado registraram queda de 8,6% ao totalizarem 32,74 milhões de sacas de 60 kg. Neste contexto, o Brasil, maior produtor e exportador mundial de café, vendeu ao exterior 23,11 milhões de sacas, número que representa uma queda de 8,6% na comparação com o mesmo período anterior. Quanto à Colômbia, terceiro maior país produtor de café, o volume exportado registrou 7,5 milhões de sacas, o qual corresponde a um decréscimo de 6,5% no período comparativo em tela. Finalmente, nessa importante região produtora de café, vale ressaltar que as exportações do Peru tiveram uma redução de 17,7%, ao atingir 1,84 milhão de sacas de 60 kg.

No período de outubro de 2019 a abril de 2020, dos quatro blocos de países/regiões produtoras mundiais, segundo as regras e dados do Relatório da OIC, vale destacar, em ordem decrescente, que a América do Sul exportou 32,74 milhões de sacas, que equivalem a 45%; Ásia & Oceania, com 23,62 milhões de sacas, correspondem a 32%; América Central & México com 8,77 milhões de sacas (12%); e a África, que exportou 7,66 milhões de sacas, cujas vendas ao exterior representam 11%.

O relatório completo está disponível no site do Observatório do Café.

As informações são da Embrapa Café.

1

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

EDILSON DO NASCIMENTOALVES

EM 25/06/2020

Gostaria de informacoes sobre cafe