ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Etiópia quer aumentar exportações de café através de marcas

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 18/11/2016

1 MIN DE LEITURA

0
0
O Serviço de Propriedade Intelectual da Etiópia disse que os membros do setor, envolvidos na produção e nas exportações de café devem trabalhar para aumentar as exportações de café através do registro de marcas comerciais e licenças de marcas valiosas de café do Estado.

O Serviço também disse que os produtores e os executivos não se beneficiam muito devido ao fraco desempenho das marcas de vários tipos de cafés finos do país, que têm um sabor e um aroma únicos.

O diretor geral da entidade, Mandefro Eshete, disse que quase 25 milhões de cidadãos têm como sustento o setor de café diretamente, com cerca de 40 milhões indiretamente. Essas pessoas, em particular e a nação em geral, não estão recebendo os benefícios que merecem.

Ele disse que os cafeicultores têm sido vitimados devido aos problemas de marca. “O Serviço de Propriedade Intelectual da Etiópia está trabalhando em parceria com os membros do setor para reverter a situação designando a marca registrada, Ethiopian Fine Coffee Trade Marking, e a Licensing Initiative”.

Os esforços feitos há alguns anos permitiram que especialistas em café da Etiópia se familiarizassem com os países consumidores como uma propriedade única. “Isso está beneficiando os cafeicultores, os exportadores e outros executivos que participam do setor”.

Mandefro disse que o esforço colaborativo dos membros do setor é crucial para promover e registrar os cafés especiais etíopes para torná-lo mais escolhido no mercado internacional.

O membro da diretoria do Serviço, Teshome Seleshi, disse que a entidade está envolvida no registro de marca comercial e nos processos de licenciamento dos cafés Ethiopian Fine.

Cafés especiais da Etiópia, que possuem sabores e aromas únicos, como Harar, Yirgachefe e Sidamo, já foram lançados, enquanto Keffa, Illubabur, Jimma, Limu e Wolega estão em curso.

Ao mesmo tempo, o Ministério de Assuntos Externos do país indica que o café etíope recebeu o “Prêmio de Melhor Café do Mundo 2016” na primeira Cerimônia de Premiação Internacional de Café Ernesto Illy, realizada em 1 de novembro, em Nova Iorque.

As informações são do https://allafrica.com / Tradução por Juliana Santin 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

CaféPoint AgriPoint