ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Comitê Diretor recomenda orçamento recorde para Funcafé 2017

POR EQUIPE CAFÉPOINT

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 07/02/2017

0
0
Da redação

No último dia 2 de fevereiro ocorreu a 24ª Reunião do Comitê Diretor de Planejamento Estratégico (CDPE) do Conselho Deliberativo da Política do Café (CDPC). O Conselho Nacional do Café esteve representado por seu presidente executivo e a assessora técnica do Conselho Nacional do Café, deputado Silas Brasileiro (PMDB) e Silvia Pizzol.

Segundo o último Balanço do CNC, na oportunidade o setor recomendou orçamento recorde ao setor na safra 2017. Após consenso entre os representantes do setor privado e do Governo Federal, o CDPE orientou a disponibilização de R$ 4,890 bilhões, sendo: i) R$ 1,862 bilhão para a linha de financiamento de Estocagem; R$ 1,063 bilhão ao Financiamento para a Aquisição de Café (FAC); R$ 1,010 bilhão para Custeio; R$ 925,2 milhões para Capital de Giro (R$ 425,2 milhões às Cooperativas de Produção, R$ 300 milhões às Indústrias de Torrefação e R$ 200 milhões às Indústrias de Solúvel); R$ 20 milhões para a linha de Recuperação de Cafezais Danificados; e R$ 10 milhões para Opções Privadas e Operação em Mercados Futuros.
O montante sugerido ainda não foi confirmado, mas em relação aos recursos disponibilizados para a atividade cafeeira em 2016, que totalizaram R$ 4,632 bilhões, representará uma elevação de 5,6%. Os próximos passos para a validação desses valores são as aprovações no crivo do CDPC e, subsequentemente, pelo Governo Federal.

Durante a reunião do CDPE, os representantes do Mapa realizaram uma avaliação sobre o desempenho do Funcafé em 2016, evidenciando que o sistema cooperativo de crédito é o maior aplicador dos recursos do Fundo. O CNC recorda que trabalhou intensamente nesse sentido e celebra o fato de o Governo ter entendido que as cooperativas de crédito constituem o principal caminho para que os recursos cheguem, efetivamente, aos produtores.

Pesquisa cafeeira
Segundo o Conselho, o descontingenciamento de recursos do Funcafé também foi abordado ao longo do encontro. O setor acordou que o CNC coordenará ação de toda a cadeia produtiva, oficializando ao ministro Blairo Maggi a necessidade de remover a reserva de contingência do orçamento do Fundo para viabilizar a realização de projetos de interesse do setor, em especial nas áreas de pesquisa e promoção do consumo.

Hoje, o futuro da pesquisa cafeeira parece ser nebuloso. O Instituto Agronômico de Campinas (IAC), que é referência no setor, não tem concursos públicos há mais de doze anos. Falta manejo adequado do cafezal e do maior Banco de Germoplasma do Brasil, falta pesquisador, falta pessoal de apoio à pesquisa. Em meio a tantas ‘faltas’, como enxergar as saídas possíveis? Leia mais na reportagem “O futuro da pesquisa cafeeira parece ser nebuloso, corremos riscos?”

Renovação do parque cafeeiro

Outra matéria abordada na reunião do CDPE, por sugestão do CNC, foi a renovação do parque cafeeiro nacional. A esse respeito, os titulares do Comitê deliberaram a criação de um Grupo de Trabalho (GT), com representantes do segmento privado que tenham assento no CDPC, Embrapa e Mapa para desenvolver um plano que possibilite essa regeneração, com proposição de linha de financiamento.

Segundo o CNC, o objetivo é fortalecer a competitividade da cafeicultura nacional, oferecendo condições acessíveis para a renovação paulatina dos cafezais, mantendo o equilíbrio entre oferta e demanda. O GT também avaliará a longevidade do Funcafé, sugerindo estratégias para sua ampliação, de forma que o Fundo seja preservado como importante fonte de financiamento para regular a oferta do setor e realizar projetos de pesquisa e promoção, garantindo sua utilização pelas futuras gerações de cafeicultores. 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe CaféPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.